Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Quarta-feira, 21 jan 2009 - 15h38

Geleira Quilca no Peru desaparece por completo

Não é de hoje que o Aquecimento Global dá seus sinais. As geleiras do Peru estão entre as regiões mais afetadas pelo fenômeno no planeta.

Esta semana o Instituto Nacional de Recursos Naturais (Inrena) do Peru confirmou o desaparecimento completo da geleira Quilca, que fica a 5.250 metros de altitude na região de Puno. A região fica próxima à fronteira com a Bolívia.

"O desaparecimento da geleira Quilca foi gradual e é consequência das mudanças climáticas e do aquecimento que acontecem em todo o mundo", explicou Marco Zapata, diretor da Unidade de Glaciologia do Inrena.

Toda neve que cobria a geleira Quilca sumiu, derreteu por completo, deixando a montanha coberta apenas por uma camada de terra.

Esta é a segunda geleira que desaparece no Peru desde 2005, pelo mesmo motivo. De acordo com o Inrena, 150 picos nevados do país correm o risco de derreter.

O território peruano e o sudeste andino são formados por 19 cordilheiras nevadas.

Foto: Imagens comparativas mostram duas cenas do Monte Quilca. No topo, em 2006 a montanha pode ser vista coberta de neve. Na segunda imagem, registrada em 2009os efeitos do aquecimento global são perfeitamente visíveis. Crédito: Andina/Agência Agrária de San Román/Divulgação







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ningém que não entenda." - Cecília Meireles