Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Sexta-feira, 12 mar 2010 - 08h41

Mudanças Climáticas: NASA desmente IPCC sobre floresta Amazônica

Ao contrário de um relatório previamente publicado pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, IPCC, cientistas da Nasa concluíram que a floresta amazônica não foi seriamente afetada em face da maior seca em 100 anos, ocorrida em 2005. Segundo o estudo, não foram encontradas diferenças significativas na cobertura vegetal da floresta entre os períodos de seca ou vicejo, sugerindo que a floresta é mais tolerante à seca do que se pensava.

Floresta Amazônica

O estudo foi feito pelo pesquisador Arindam Samanta, ligado à Universidade de Boston, que usou dados do satélite de sensoriamento TERRA para medir o verdor da floresta ao longo da última década. O resultado do trabalho foi publicado esta semana na revista científica Geophysical Research Letters.

O novo estudo descobriu que os resultados anteriores, publicados na revista Science em 2007, foram falhos e não podiam ser reproduzidos. "O novo trabalho traz alguma clareza sobre como a floresta, com sua rica biodiversidade poderá se alimentar no futuro diante das pressões da exploração e das mudanças climáticas", disse o professor da Universidade de Boston Ranga Myneni, coautor do novo estudo.

Atualmente, o IPCC está sob fogo cruzado devido a várias imprecisões nos dados usados nos relatórios, incluindo um baseado em estudo da WWF (Fundo Mundial para a Vida Selvagem) que considera que 40% da floresta amazônica poderiam reagir de forma drástica e ser substituída por savanas e até mesmo diminuir o nível de precipitação.

"Nossos resultados não indicam essa sensibilidade extrema, como a redução nas chuvas", disse Sangram Ganguly, outro coautor do novo estudo, ligado à área de pesquisa ambiental do Centro de Pesquisas Ames, da Nasa.

Segundo o pesquisador José Marengo, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, os dados usados pelo WWF em seu relatório estão totalmente errados e produziram dados também incorretos. Os dados recentes, segundo Marengo, são muito mais confiáveis e deverão apresentar resultados muito mais confiáveis.


Foto: Meandros da região Amazônica. Segundo novo estudo, a floresta não é tão sensível aos períodos de seca e diz que estudo do IPCC e WWF precisam ser revistos. Crédito: Wikimedia Commons.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles