Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Quinta-feira, 31 mar 2005 - 11h23

Nível de gás carbônico na atmosfera atinge novo recorde

Dados de um laboratório americano obtidos pela BBC indicam que a concentração de dióxido de carbono da atmosfera voltou a crescer no ano passado, atingindo um novo recorde.

O gás carbônico é considerado o principal poluente responsável pelo aquecimento global, e sua concentração na atmosfera tem crescido todos os anos desde 1958.

De acordo com a pesquisa do Laboratório de Monitoramento e Diagnóstico do Clima do governo americano, feita com base em informações coletadas em um observatório do órgão no Havaí, a concentração de gás carbônico chegou a 378 partes por milhão (ppm).

Apesar disso, os cientistas descobriram que o aumento da presença do gás na atmosfera em 2004 foi menor do que nos dois anos anteriores.

Estados Unidos
Segundo o cientista Pieter Tans, diretor do observatório no Havaí, as variações no aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera ano a ano se devem a uma série de fatores como, por exemplo, alterações na taxa de absorção do poluente por plantas e oceanos.

Tans e outros cientistas do centro de pesquisas, porém, acreditam que são as emissões de gás carbônico humanas que vêm provocando o aumento constante da concentração do gás na atmosfera.

O Protocolo de Kyoto, que entrou em vigor recentemente, prevê uma redução nas emissões de gases que provocam o efeito estufa nos países signatários.

Os Estados Unidos, maiores responsáveis pela emissão de gás carbônico em todo o mundo, não aderiram ao protocolo.

O laboratório no Havaí, responsável pelos novos dados, é considerado um dos mais confiáveis do mundo para esse tipo de avaliação.

Informações sobre a concentração de CO2 na atmosfera vêm sendo coletadas há quase um século pelo centro construído a uma altitude de 3,5 mil metros, perto do vulcão Mauna Loa.

O ar dessa região do Pacífico é ideal para a avaliação porque é "bem balanceado", o que significa que não há, perto do laboratório, nenhuma fonte evidente de poluição, como uma indústria, ou uma fonte natural de absorção de CO2, como uma floresta.

Foto:Observatório havaiano, que vem monitorando a atmosfera há quase 50 anos.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Cada vez que eu indico alguém para um cargo, crio 10 inimigos e um ingrato" - Molière