Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Quarta-feira, 17 jul 2019 - 09h47
Por Rogério Leite

A verdade sobre o asteroide 2007 FT3 e porque você não deve se preocupar com ele

Diversos sites não especializados continuam a alertar que o asteroide FT3 poderá se chocar com a Terra em outubro deste ano. Se você ainda não sabe, essa é mais uma das inúmeras fakenews que se propagam pela internet e como todas, não passa de mais uma notícia falsa.

Orbita e posição do asteroide 2007 FT3 em 3 de outubro de 2019. Muito longe da Terra.
Orbita e posição do asteroide 2007 FT3 em 3 de outubro de 2019. Muito longe da Terra.

O asteroide 2007 FT3 foi descoberto em 20 de março de 2007 e teve sua orbita estimada com base em um arco de apenas 14 observações feitas naquele ano.

Não sabemos exatamente o motivo, mas o fato é que diversos sites não especializados disseminaram a informação de que a rocha passaria nas cercanias da Terra no próximo dia 3 de outubro de 2019, a uma distância que representaria possibilidade de impacto.

O receio maior era o fato de a rocha ter cerca de 340 metros de diâmetro, com massa de 55 bilhões de toneladas. Viajando a 45 mil km/h, em caso de impacto a energia liberada seria equivalente aquela contida em 2.7 giga toneladas de TNT, ou seja, 135 mil vezes mais poderosa que a energia liberada na bomba nuclear lançada em 1945 sobre Hiroshima, no Japão

Um impacto dessa magnitude poderia, sem sombra de dúvida, ameaçar diversas formas de vida aqui na Terra, inclusive a espécie humana.

A verdade sobre o asteroide 2007 FT3
Os fatos mencionados seriam realmente preocupantes se 2007 FT3 atingisse a Terra, mas isso não deve acontecer. Para felicidade geral, os modelos matemáticos mostram que a rocha não vai passar próximo à Terra em 3 de outubro de 2019.

Os cálculos indicam que a próxima aproximação será em 11 de outubro de 2068, a uma distância de 0.15 LDs, ou 57600 km de altitude em relação ao centro da Terra, ou seja, 51 mil km acima do nível do mar. Essa é uma distância muito acima da orbita dos satélites geoestacionários e a mesma que passou em 2007, quando foi descoberto.


Aproximação realmente perigosa
Se até 2068 podemos respirar em paz, isso muda muito para os habitantes da Terra do século 22. A aproximação mais perigosa de 2007 FT3 está prevista para 31 de março de 2187, quando a rocha fará um rasante a apenas 25 mil km de atitude, uma distância altamente perigosa com baixa margem de tolerância, o que não é nada confortável para os meros mortais que por aqui estarão.

Quem viver, verá.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles