ATENÇÃO
Ajude a manter GRÁTIS o conteúdo do Apolo11. Colabore conosco. Clique Aqui
Quarta-feira, 4 ago 2021 - 10h38
Por Rogério Leite

Após estado de emergência, Estação Espacial volta a operar normalmente

Na quinta-feira, 29 de julho, o módulo de pesquisa Nauka atracou à Estação Espacial Internacional, mas algumas horas depois o módulo disparou acidentalmente seus propulsores, o que fez a estação girar e inclinar de tal forma que a fez perder o controle de orientação espacial.

Imagem mostra o módulo russo Nauka, acoplado à Estação Espacial Internacional, ISS, em 29 de julho de 2021, logo após o atracamento. Crédito: Thomas Pesquet/ESA/NASA<BR>Após estado de emergência, Estação Espacial volta a operar normalmente<BR>
Imagem mostra o módulo russo Nauka, acoplado à Estação Espacial Internacional, ISS, em 29 de julho de 2021, logo após o atracamento. Crédito: Thomas Pesquet/ESA/NASA


De acordo com Zebulon Scoville, diretor de voo da NASA, o motivo da inclinação foi o disparo acidental de um dos retrofoguetes do módulo russo Nauka, que ao entrar em operação fez a ISS girar uma rotação e meia, ou seja, 540 graus antes de estabilizar de cabeça para baixo em relação à sua posição normal. Instantes depois, o controle de atitude da nave tentou corrigir a posição com um "salto" de 180 graus para frente para voltar ao sua orientação original.

Atitude é o termo aeroespacial que informa a orientação de uma nave dentro de sua orbita. Essa foi a primeira vez que Scoville declarou "emergência da espaçonave".

Hoje, 4 de agosto, a diretoria da Nasa confirmou oficialmente o incidente e emitiu a seguinte nota: "Esses números que representam a mudança de atitude da ISS estão corretos e reiteramos que a taxa máxima na qual a mudança ocorreu foi lenta o suficiente para passar despercebida pelos membros da tripulação a bordo. Além disso, todos os outros sistemas da estação funcionaram nominalmente durante todo o evento".

Em entrevista coletiva, o gerente do programa da Estação Espacial, Joel Montalbano, declarou que não houve perigo imediato para a tripulação. "Obviamente, quando você tem uma perda de controle de atitude, é natural que você deseje resolver imediatamente. Mas a tripulação nunca esteve em nenhum momento em emergência que pudesse representar risco de morte".

O que diz a Telemetria
De acordo com os dados de telemetria da Nauka, o módulo não estava apenas disparando seus propulsores, mas estava realmente tentando se afastar da Estação Espacial que tinha acabado de atracar. Após o incidente a estação atingiu uma taxa de rotação máxima de 0,56 graus por segundo, o que é rápido o suficiente para que os astronautas sentissem o efeito e possível desorientação, mas isso não foi confirmado.

Além dos computadores da ISS, que tentaram recolocar a nave em sua posição correta, a tripulação trabalhou junto às equipes de solo com o objetivo de realizar manobras. Uma dessas intervenções manuais foi o disparo dos retropropulsores embarcados no módulo russo Zvezda e também da nave de carga Progress, ambos atracados na Estação. Os dados de telemetria mostram que o disparo dos propulsores da Nauka demoraram 15 minutos

Essa série combinada de intervenções e contramedidas foi o que permitiu que a equipe de terra retomasse o controle de atitude da Estação Espacial Internacional, fazendo-a voltar à posição nominal.

Nossa Opinião
Esse provavelmente foi o evento de risco mais intenso sofrido pela Estação Espacial Internacional desde a sua construção e a checagem do que de fato aconteceu deve ser feita da forma mais transparente possível. O fato da telemetria indicar um afastamento proposital entre as naves pode indicar um erro grosseiro de programação que deve ser devidamente sanado antes que outras naves que usam o mesmo software atraquem na ISS.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.









Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2021

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax -