Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Sábado, 22 dez 2007 - 09h13
Por

O verão chegou ao hemisfério Sul. Entenda como acontece!

Apesar de imperceptível, exatamente às 04h08 da madrugada deste sábado os raios solares atingiram o hemisfério Sul da Terra mais diretamente do que nos outros dias do ano. Esse fenômeno é chamado de Solstício de Dezembro, mas é popularmente conhecido por marcar o início do verão no hemisfério sul.

Esse fenômeno é causado por dois fatores astronômicos e naturais: a translação da Terra ao redor do Sol e a inclinação do eixo terrestre. Ao contrário do que muitos pensam, as estações do ano nada tem nada a ver com a aproximação maior ou menor entre a Terra e o Sol.

A figura acima ajuda a compreender o fenômeno. Para dar uma volta ao redor do Sol, a Terra leva 365 dias e mais seis horas. Durante essa viagem, a inclinação do eixo não muda e sempre parece apontar para a mesma posição no espaço. Essa inclinação, que é de 23.5 graus, faz com que os hemisférios recebam a incidência de raios solares de forma diferente durante o ano.

Durante o Solstício de Verão, a inclinação do eixo no hemisfério Sul (lado esquerdo do gráfico), faz com que as regiões abaixo da linha do Equador sejam mais atingidas pelos raios do Sol. Por outro lado, o hemisfério Norte do planeta estará sendo menos favorecido, com menor incidência solar. Ou seja, enquanto nós comemoramos a chegada do verão, os habitantes do hemisfério norte comemoram o início do inverno.

Pelo gráfico é possível ver que a situação se inverte no mês de junho, quando teremos o Solstício de Inverno, marcando o início da temporada da estação fria abaixo do equador e o início do verão no hemisfério norte.


Conseqüências
Durante o verão, os dias são mais longos e as noites mais curtas que o habitual.

Na maior parte do Brasil o verão é conhecido como estação das chuvas, e é marcado pela passagem freqüente de frentes frias. Nos finais de tarde as pancadas de chuva são comuns e geralmente acompanhadas por trovoadas e rajadas fortes de vento nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Devido às fortes chuvas desta estação, os grandes centros urbanos dessas regiões sofrem muito com os freqüentes alagamentos e deslizamentos de terra.

Devido à maior incidência de raios solares, é possível aplicar o conhecido “Horário de Verão”, quando os relógios são adiantados em 1 hora alguns estados da federação.

O verão que acaba de começar vai até o dia 20 de março às 02h48, quando começa oficialmente o Equinócio de Outono, ou simplesmente outono. Até lá teremos muito mais horas de Sol incidindo com maior intensidade, portanto nunca é demais lembrar que devemos fazer uso intensivo do protetor solar, mesmo quando sob áreas de sombra. O verão é total, mas não esqueça: use filtro solar!







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Se tivéssemos de aturar dos outros tanto quanto nos permitimos a nós mesmos, a vida seria insuportável" - Georges Couteline