Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Sexta-feira, 29 ago 2008 - 15h20
Por

Raio mata 12 cabeças de gado em Rondônia

Enviado por Daniel PanobiancoA chuva forte voltou ao Estado de Rondônia. As previsões do inicio da semana, desacreditada por muitos, de fato foi confirmada entre a tarde desta quinta-feira e a manhã de hoje.

Choveu com intensidade em diversos municípios do Estado, principalmente na área central, entre Ji-Paraná e Cacoal, regiões que vinham sofrendo com uma longa estiagem de 89 dias.

Durante as primeiras trovoadas na noite de quinta-feira, uma seqüência de raios - descrita por muitos como assustadora – atingiu parte dos municípios de Ji-Paraná, Presidente Médici e Ministro Andreazza, além de boa parte do noroeste de Mato Grosso, regiões de Juína e Colniza.

Em Ministro Andreazza, pelo menos um acontecimento chamou a atenção e novamente expôs o perigo das descargas atmosféricas na Amazônia. Um único raio matou 12 cabeças de gado, que se abrigavam debaixo de uma árvore durante o temporal. O fato ocorreu em uma fazenda, já no limite de Ministro Andreazza com o município de Presidente Médici, próximo ao Núcleo Riachuelo, na rodovia RO-133, que liga o Núcleo ao Distrito de Nova Colina, em Ji-Paraná.

Normalmente, para se protegerem de um temporal os animais recorrem a dois pontos estratégicos de uma propriedade: ou ao lado de uma cerca ou debaixo de árvores. Os dois conduzem eletricidade, mas a árvore é o ponto mais elevado da área e como todos sabem, os raios procuram primeiro os pontos mais elevados para atingir e somente depois propagar a energia para o solo.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"É mais fácil lutar por princípios de que viver por eles" - Alfred Adler