Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Terça-feira, 22 fev 2005 - 07h45
Por

Violento terremoto de 6,4 graus mata mais de 200 pessoas no Irã

Um forte tremor de 6,4 graus na escala Richter sacudiu o Irã nesta terça-feira deixando pelo menos 200 mortos e mais 1000 feridos, segundo a televisão estatal iraniana. Fontes médicas, no entanto, informam que os mortos podem chegar a 300 e os feridos seriam mais de 5 mil.

Ali Charifi, diretor do Hospital Universitário de Kerman, disse que é muito provável que esta cifra aumente pela gravidade do tremor. "Achamos que o saldo final (de vítimas) pode ser muito mais grave porque vários povoados foram atingidos", disse.

Nos vários povoados afetados, destruídos em até 70% em alguns casos, várias pessoas estão nas ruas e não querem voltar a seus domicílios por medo de réplicas do terremoto. Já há registros de 12 dessas réplicas, tremores menores que costumam seguir um terremoto mais intenso.

O tremor aconteceu às 5h55 locais (23h25 de segunda-feira no horário de Brasília), com epicentro foi em Zarand, cerca de 600 quilômetros ao sudeste de Teerã. Foram afetados sobretudo pequenos povoados e aldeias, das quais duas estão totalmente destruídas e onze com graves danos, segundo o Crescente Vermelho Iraniano.

A televisão mostrou imagens dos primeiros corpos resgatados dos escombros embaixo de cobertores, enquanto seus familiares choram sua perda. As imagens mostraram também cidadãos indignados que pediam "ajuda em vez de enviarem tantas câmeras de televisão".

Segundo as autoridades iranianas, somente a eletricidade está cortada na zona afetada, enquanto a provisão de gás e as linhas de telefone funcionam com normalidade. Os helicópteros do exército começaram as primeiras tarefas de resgate, para as quais ainda não se pediu a ajuda dos voluntários.

Zerand localiza-se a 470 quilômetros a sudeste de Teerã e a cerca de 200 quilômetros da cidade histórica de Bam, onde um terremoto de 6,6 graus de magnitude atingiu a cidade em 26 de dezembro de 2003, matando 30 mil pessoas e ferindo outras 30 mil. Na ocasião o tremor destruiu 85 porcento das milenares construções.

Segundo o USGS, Intituto de Pesquisas Geológicas dos EUA, um tremor de intensidade 6.4 é classificado como "forte".

O terremoto de hoje aconteceu a uma profundidade de 42 quilômetros e o de Bam a 10 quilômetros. Terremotos mais profundos levam mais tempo para dissipar sua energia, o que significa que abalos de menor intensidade são sentidos na superfície.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Nada contribui mais para a paz de espírito, como não ter opinião sobre coisa alguma" - Georg Lichtenberg