Siga o Apolo11 no Facebook   Siga o Apolo11 no Twiiter
Ciência, Espaço e Tecnologia

Lunetas e Telescopios

Dani Edson®

28/05/2007
11h29
Que telescópio vocês me sugerem?
Categoria: Binóculos, Telescópios, etc.

Olá amigos!

Acabo de entrar na comunidade e estou gostando muito.

Sou novo na área e estou querendo comprar um telescópio e gostaria de sugestões sobre qual a melhor marca e modelos, pois não entendo absolutamente nada. Já notei que existem muitas opções no mercado, porém sei que nem todos são de boa qualidade.

O que os amigos me sugerem?

Desde já agradeço as dicas.

Muito obrigado!

Dani Edson


kelso

28/05/2007
11h43
Caro Dani, como vai?

Existem muitos tipos e modelos disponíveis, mas é importante saber qual o seu nível de interesse e principalmente, quanto está disposto a gastar. Muitas vezes as pessoas acabam comprando telescópios de segunda linha e acabam ficando decepcionados.

Um bom aparelho começa sempre a partir de 900 reais. A propósito, você já tem um binóculo? Esse instrumento é maravilhoso e se voc~e não tem intimidade com o céu, aconselho você a comprar um. Mas lembre-se. Aí também é necessário investir pelo menos uns 400 reais, mas tem uma vantagem: Um binóculo bom você usará por muitos anos, nas viagens, observações do céu, etc. e poderá ser usado por toda a família e amigos.

Sempre aconselho a compra de um binóculo. Mas como disse, é necessário saber qual seu objetivo e quanto está disposto a gastar.

Abraço

kelso


Dani Edson®

30/05/2007
09h20
Olá Kelso,

Obrigado pelas dicas. Realmente eu me empolguei ao ver anúncios de telescópios aparentemente potentes na faixa de R$ 500,00, mas pelos seus comentários esses não devem ser muito bons. Mas vamos lá.... se eu fosse comprar um binóculo ou um telescópio, que marca você recomendaria? E qual a potência ideal para começar a observar os planetas, por exemplo?

Mais uma vez, obrigado pela atenção.

Dani Edson


kelso

30/05/2007
16h16
Pois então, como disse, 500 reais é pouco para comprar um bom telescópio. No entanto, muitas pessoas nem disso dispõe e mesmo assim, querem ter um instrumento para observar o céu. Neste caso, meu conselho é: vai fundo! Basta lembrar-mos que Galileu e Newton fizeram fantáticas descobertas com instrumentos rudimentares, bem inferiores aos telescópios de 500 reais...

Mas Galileu e Newton eram cientistas natos e suas observações, simples até, permitiram avanços gigantescos na área da física e astronomia que hoje em dia aprendemos na escola. Suas lunetas eram ferramentas que simplesmente os auxiliou.

Se você estiver querendo comprar um telescópio para ver aquelas fantásticas imagens que os sites, televisão e revistas nos mostram, sinto decepcioná-lo. Nenhum telescópio sozinho será capaz de lhe mostra-las. Essas imagens são fruto de prolongadas exposições fotográficas, que em alguns casos, leveram até meses para serem feitas. Algumas imagens feitas pelo Hubble demoraram mais de 1 anos para serem processadas!

Basicamente, existem dois tipos de observadores astronômicos. Aqueles que gostam de ver os objetos de céu profundo, chamados de Deep Skies e aqueles que gostam de ver os planetas. Existem também aqueles, como eu, que gostam de ver os dois e existem também aqueles que, além de ver o céu, também gostam de ver as paisagens, barcos ou as pessoas ao longe.

São observadores diferentes, com graus diferentes de interesse, mas que têm em comum um binóculo ou telescópio e deles quer fazer uso.

No próximo post continuo a falar sobre os intrumentos. Preciso de pausa para um café e para poder pensar um pouco, além é claro, de trabalhar um bocadinho. Aguarde que continuo !

Kelso


Dani Edson®

30/05/2007
17h31
Legal Kelso! Estou atento aos seus comentários.

Muito obrigado!

Dani Edson


Marcos Nauli

30/05/2007
19h37
Olá Dani Edson.

Estive lendo no forum seu questionamento e inclusive as brilhantes exposições feitas pelo Kelso, as quais gostaria de acescentar alguma coisa se me permite.

Existem basicamente dois tipos de instrumento óticos (Telescópios) para a observação do Céu, seja para ceú profundo ou não. São os Refratores e os Refletores. Seria muito interessante que vc procurassed ler a respeito porque são muito diferentes e mais diferentes ainda são suas aplicações.

De qualquer forma, se realmente vc se interessar pela ciência de Urânia (Musa da Astronomia), certamente deverá ter contato com estas informações mais técnicas, masó fató é que sinto que vc quer algo assim mais de concreto e não que venhamos ensinar alguma coisa a vc aqui no forum (sem querer ser pretencioso, longe disso)

Minha idéia é que compre um Telescópio Refrator, que custe acima de R$ 900,00 e que tenha uma Objetiva de pelo menos 60mm de diâmetro , aliás é o que de mais comum existe. Devo ressaltar que esse equimanto nunca será perdido, podendo posteriormente, caso vc se desenvolva na área servir como um buscador ou auxiliar de um Telescópio maior no futuro. Agora se tiver grana e quiser "por pra quebrar",vá logo comprando um Refletor Cassegrain-Makssutov da Celestron de 8 Polegadas de abertura, ai sim começa a ser "show de bola".

www.astroshop.com.br é um site onde vc poderá encontrar alguma coisa interessante, www.meade.com é outro com muita coisa boa mesmo! Sera uma boa vc dar uma olhada no www.ceusemfim.kit.net - onde vc poderá estar lendo acerca da construção de seu próprio teslescópio, o que é uma ótima opção tambem, no caso será de um Refletor no sistema Newtoniano, pois existem no brasil empressas e construtores que fazem a parte óptica dos Telescópios e dai por diante.

Legal vc ter descobreto a Astronomia e seje bem vindo, tudo isso é uma maravilha, pode ter certeza.

Saudações,

marcos nauli

bmbrindes@hotmail.com (se precisar)


Dani Edson®

31/05/2007
08h47
Olá Marcos!

Obrigado pelas dicas. Na verdade, ontem mesmo eu estive visitando o site www.astroshop.com.br e lendo as dicas deles sobre como escolher um telescópio. É muito interessante...

Eu também entrei no grupo de discussão CASP - Clube de Astronomia de São Paulo, onde encontrei vários comentários sobre telescópios, e percebi que se fala muito da marca CELESTRON. Procurando no site www.astroshop.com.br, encontrei vários modelos e estou avaliando.

De qualquer forma, sou muito grato pelas orientações e pelas boas vindas.

Grande abraço!

Dani Edson


kelso

02/06/2007
13h37
Caro Dani, como vai?

Parece que o Marcos já te deu o caminho das pedras, não? É isso mesmo, lendo e perguntando você vai achar o melhor telescópio pra você.

Sempre aconselho, antes de adquirir um telescópio, a compra de um binóculo. Com 400 reais, você compra um bom binóucilo 7x50 ou 10x50 e começa a ter uma boa idéia do céu. Vai ficar muito mais maravilhado do que com a compra de um telescópio de segunda linha, que vai te mostrar os planetas e estrelas, como borrões.

As vezes a pessoa compra um excelente telescópio e surge o seguinte problema: onde vou instalar o "menino"? Daí, o telescópio comprado com tanta empolgação, vai fazer "par" com a bicicleta ergométrica, há muito tempo encostada no canto e servindo profissionalmente de cabideiro!

Outro problema que surge é quando a pessoa ainda não sabe exatamente o que quer e acaba comprando um telescópio do tipo refletor... Esse tipo de telescópio é sem dúvida uma maravilha, mas na prática, só serve para observar o céu. Se tentar observar paisagens elas ficarão invertidas. Nesse momento, o cidadão pensa: "por que não comprei um telescópio refrator, ao invés desse refletor?".

A verdade é que você só vê os prós e contras de um telescópio, depois que compra. Por isso eu sugiro inicialmente um binóculo.

Aqui vai a sugestão de um kit que seus colegas, equipados com maravilhosos telescópios, vão morrer de inveja quando sacado do porta malas de um carro:

Duas cadeirinhas reclináveis (uma para você e sua namorada ou amigo)

Dois cobertores

Uma carta celeste

Uma lanterninha de luz vermelha para conferir a carta

Um binóculo de boa qualidade

Uma garrafa térmica com chocolate quente.

Garanto pra você: Vão babar de inveja !!!!!

Um abraço

kelso


Dani Edson®

02/06/2007
19h23
Prezado Marcos,

Eu já tinha respondido o seu post, mas por algum motivo não apareceu minha resposta aqui...

Quero dizer que seus comentários foram muito apreciados por mim e de muita ajuda. Eu já tinha visitado o site www.astroshop.com.br e lido um artigo sobre como escolher um telescópio.

Olha, eu queria dizer que não estou disposto a começar gastando muita grana.... Quero primeiro sentir o "gostinho" por observar os planetas. O que mais está me chamando a atenção e atraindo para o céu neste momento é o brilho de Vênus, que todo dia (que não está nublado) eu fico admirando... Do outro lado do céu eu vejo outra estrelha muito brilhando que, pelo que aprendi aqui, é Júpter...

Então, a principio eu queria poder observar esses planetas... Queria ver Vênus e Júpter com suas luas.... E qualquer outro planeta que eu conseguir...

Eu me cadastrei no grupo da Clube de Astronomia de São Paulo, e eu moro em Sao Paulo, e fiquei sabendo que eles fazem encontros chamados de Telescopios na Rua (TR), onde os participantes levam seus telescópios para uma determinada região da cidade e as pessoas podem observar.... Eu ainda nao fui em um desses encontros, mas acho que seria muito legal para conhecer diferentes modelos de telescópios antes de decidir qual comprar....

Agora, falando da www.astroshop.com.br... Estive vendo alguns modelos da Celestron, que parece ser uma marca muito bem comentada. Eu achei este modelo que é um dos mais baratos:

http://www.astroshop.com.br/produto.asp?CodProd=21045

Será que é bom para começar??

Gostaria que, se possivel o Kelso e outros também comentassem.

Mais uma vez, muito obrigado!

Abraços!

Dani Edson


Dani Edson®

02/06/2007
19h33
Prezado Kelso,

Agora que eu fui ler seu último post. Hehehehehe... Eu não tinha percebido que havia paginação nos posts, que mancada!

Olha, amei suas dicas viu.... Excelente o Kit que você sugeriu... Como eu disse no meu outro post, estava de olho em um modelo de telescópio Celestron, mas agora você me convenceu que o melhor é um bom binóculo e estou procurando um.... Vamos ver..... Que marca você considera boa??? Se for boa e barata, melhor ainda!

Desculpe se estou abusando.... Mas sou muito grato pelas orientações tanto suas como do Marcos!

Abraços!

Dani Edson


Dani Edson®

02/06/2007
19h51
Prezado Kelso,

Só um detalhe... Estive vendo modelos de binóculos 10x50 e 12x50 e esses binúculos ampliam apenas 10 e 12 vezes respectivamente, certo?? Se for assim, ainda é muito pouco...

Porque eu tenho uma lunetinha de 10x que eu comprei na época do cometa Halley, quando era moleque.... E com essa lunetinha de 10x eu não consigo nem ver as crateras de lua, nem o disco do planeta Vênus.... Eu queria pelo menos enxergar o disco de Vênus e de Jupter... Qual a ampliação mínima para isso?


Marcos Nauli

03/06/2007
18h19
Olá Dani Edson.

Beleza, vi que está se decidindo por um Binóculo - Mas ainda acho que (para ser sincero de verdade), vai gastar "grana" a toa. Uma boa dica para vc comprar um Binóculo é a seguinte:

Ja que vc está em São Paulo, vou passar um endereço onde eu vi da ultima vez que estive em Sampa , um belo Binóculo que vai servir aos seus propósitos e se não me engano custa cerca de R$ 300,00 - Trata-se de uma loja que vende produtos importados para lojistas no atacado. Obviamente que eles vendem este item em uma peça só devido ao seu valor. Temos um problema: Vc e nem eu somos lojistas, e vc deve fazer como eu,(dando o jeitinho brasileiro) quando quero adquirir alguma coisa nestas lojas que só vedem para lojistas cadastrados. Vc tem acesso livre para visitar a loja e ver os produtos lá disponiveis. Muito bem, caso queira comprar algo, va deve conversar com alguma pessoa que esteje na loja fazendo compras e pedir que ela inclua o seu Binóculo (no caso), e dar o dinheioro para que ela pague à vista obviamente. O fato é que lá tem diversos Binóculos, dos mais simples aos mais modernos, incluito até aqueles de visão noturna que estamos acostumados a ver em filmes. O endereço é: Rua Barão de Duprat, não sei o numero, mas fica bem em frente a Galeria Oriental, bem em frente ao estacionamento da Galeria.

Quanto ao Celestron, cujo modelo me passou o Site, este intrumento é muito bom, com estas carcterísticas:

Especificações:

Sistema Óptico: Refletor

Diâmentro da Objetiva: 4.5" (114mm)

Distância Focal: 900mm f/8

Buscador: 5x24

Montagem Equatorial

Tripé em alumínio com ajustes finos para declinação e ascenção reta

Oculares incluidas: 01 de 20mm/1.25" (45x) e 01 de 4mm/1.25" (225x)

Barlow 3x

Aumemto máximo teórico: 228x

Limite de observação: magnitude 12.8

Resolução (Rayleigh): 1.25 arcs

Limite Dawes: 1.02 arcs

Resolução fotográfica 250 linhas/mm

Obstrução do espelho secundário: 40.64mm, por área 13%, pelo diâmetro 36%

Comprimento do Tubo 483 mm

Peso do Telescópio: 7 Kg

Inclui software The Sky Level I em CD-ROM

É um Refletor de Foco Newtoniano, com montagem Equatorial, que vc pode até furamente adptar um sistema motor (Clock Drive) para fazer o acompanhamento dos astros no céu. Este sistema mantem o objeto em observação sempre no campo de visão da ocular (isso se o equipamento estiver bem orientado, de acordo com as coordenadas do seu ponto de observação), é um sistema de motor que compansa o movimento de Rotação do nosso Planeta... Isso vc vai aprender mais tarde, mas acho algo essencial para se fazer uma observação por mais simples que seja, caso contrário toda vez que vc for olhar na ocular deverá buscar novamente o objeto observado, pois ele sai co campo de visão em poucos minutos.

Dá um pulo lá na Barão de Duprat e considere a compra deste Celestron, se bem que acho mesmo o ideal um Celestron de 8 ou 12 Polegadas de foco Cassegrain-Makssutov.

Estamos por aqui,

Saudações,

Marcos Nauli.


kelso

03/06/2007
19h33
Caros Dani,

De fato o Marcos tem razão. Se for pra gastar bem, um Celestron de 8 ou 12 Polegadas de foco Cassegrain-Makssutov seria o ideal, mas com grana curta, considere:

1 - Um bom binóculo que nunca vai te abandonar

2 - Telescópio Firstscope 90EQ de R$ 1543.

3 - Telescópio Refrator PowerSeeker 80EQ de 1090

4 - Telescópio Powerseeker 127EQ de 939

Com relação ao aumento proporcionado, tenha em mente a seguinte regra: o máximo que se consegue é duas vezes e meia o tamanho da abertura em milímetros. Para efeitos práticos, duas vezes.

Assim, um telescópio ou binóculo que tenha 60 mm de abertura só vai permitir aumentos máximos de 120 vezes, mesmo que o fabricante estampe em letras garrafais "600 VEZES". Meu telescópio é um refletor 127 EQ da celestron. Portanto seu aumento máximo é 250 vezes.

Quando visto através de um telescópio, as estrelas não aparentam nenhum aumento. Tanto faz se você estiver vendo através do Hubble ou do Celestron. Para os planetas sim, faz diferença.

Com um binóculo 10x50 igual ao meu, dá para ver Júpiter e seus quatro satélites, mas você não conseguirá ver nada além de uma bela miniatura. Com o 127 EQ e 50 vezes de

aumento dá pra se perceber alguma coisa. Aumentando para 100 vezes percebe-se as faixas do planeta e com 250 vezes, "no talo", a grande mancha vermelha já é facilmente perceptível, mas como o planeta se move muito rápido no campo de visão, é necessário "seguir" o gigante gasoso com o ajuste equatorial do telescópio.

Ver a Lua com um telescópio é muito interessante, mas na minha opinião, com um binóculo é muito mais didático!

Vasculhar o céu estrelado com telescópio não é prático, a não ser que você saiba exatamente o que está procurando e o que quer ver. Já com um binóculo, é muito mais bonito e interessante, pois vai te dar uma visão de conjunto.

O binóculo também é usado pelos grandes caçadores de cometas, que além de um céu muito bom, tem de conhecer bastante o firmamento e ter uma excelente memória visual. Quando acreditam ter descoberto um cometa, aí sim, apontam o telescópio para lá.

Aí então estão as dicas iniciais.

Com 400 reais, adquire um binóculo. Nunca vai te abandonar e você pode levá-lo onde quiser.

Depois disso aconselho, como iniciante, um telescópio refrator de 80 ou 90 mílímetros. Se preferência esse último!

Se desejar maiores aumentos e não estiver interessado em ver paisagens, aconselho o Celestron refletor de 127 mm.

Um detalhe importante é o tipo de montagem.

Prefira sempre o tipo "equatorial", pois com ele é possível seguir mais facilmente o planeta no céu. É necessário pré ajustá-lo de acordo com sua latitude e longitude. Quando bem ajustado, permite seguir um objeto com muita precisão, permitindo dar seus primeiros passos na arte de astrofotografia, mas isso você vai entender com o tempo.

Kelso


Dani Edson®

03/06/2007
22h29
Prezados Kelso e Marcos,

Olha, sinceramente, não tenho palavras para agradecer a verdadeira AULA sobre escolha de equipamentos....

MUITO OBRIGADO MESMO!!!

Tenho certeza que esse tópico vai ser muito apreciado por todos aqueles novatos que aqui chegarem e que, como eu, precisam de dicas para começar neste mundo fabuloso.

Quero aproveitar e dizer que sou cristão e acredito profundamente que todo o nosso assombroso universo, com seus bilhões de galáxias, estrelas, planetas e tudo o mais foram projetados com o maior detalhamento por um GRANDIOSO e Todo-Sábio Projetista, e que tudo isso dá grande louvor a ELE. -- Genesis 1:1, Hebreus 3:4, Apocalipse 4:11. (Por favor, me desculpe se algum de vocês não compartilha minhas convicções sobre isso.)

Mais uma vez, muito obrigado pelas orientações e dicas.

Acredito que agora estou em condições de tomar uma decisão.

Abraços e muitas felicidades a vocês e a seus familiares!

Dani Edson


Junior

02/12/2007
21h06
Olá,

sou novo aqui, mas gostaria de deixar um pouco da minha mínima experiência.

Eu tinha um binóculo(7x50) e acabei trocando por um pequeno telescópio(76x700), que arrependimento...rsss.

Com o binóculo eu não via detalhes de nada, mas dava pra ver um campo maior de estrelas no céu.

Com o telescópio eu vi Júpiter e Saturno, crateras na Lua, que são realmente interessantes.

Mas como o campo e a luminosidade do telescópio é menor, não havia muito pra ver além disso.

Se quiser ver detalhes de planetas e até galáxias, acredito que vale o investimento num grande telescópio(Ex: >200mm de abertura).

Senão fique com um bom binóculo de 7 ou 10x de aumento, mais que isso você pode tremer e perder muito do show.

Se usar tripé, ótimo, aí pode usar um binóculo gigante se quiser.

O celestron da astroshop é muito bom, recomendo, mas fique com o 10x50 mesmo.

Mais nem sempre quer dizer melhor.

Com o tempo, vá guardando dinheiro e compre um telescópio grande se quiser e puder, mas informe-se sobre tipos de oculares, abertura e distância focal.

informe-se sobre "poluição luminosa" também, ok?

Sem isso você pode comprar algo que não vai lhe satisfazer.

Vá por mim, deixa o telescópio pra depois.

Um abraço e noites escuras pra você.

Junior


Dani Edson®

03/12/2007
09h41
Valeu Junior, obrigado pelas dicas!

Dani Edson


Sergiomazzi

03/12/2007
12h12
Olá Dani Edson e Kelso !

Durante anos possuí um refletor de 100mm de abertura e um refrator de 65mm para projeção solar, com os quais fiz interrassantes observações, Supernova Shelton 1987A, Impacto do cometa Shoemaker-Levy 9 em julho de 1994, Cometa HAle-Bopp em 1997, entre muitas outras!

Como disse muito bem o Kelso, um binóculo (recomendado um 7X50 prismático) para se familiarizar-se com o céu é muito importante, como tambem procurar se cercar primeiro de boa leitura referente ao assunto.

Atualmente estudo a aquisição de outro equipamento, com boa capacitade óptica, estabilidade e eletrônica.

Aqui vai alguns links, espero que possa ajudar!

http://cdcc.sc.usp.br/cda/telescopios/escolhendo/index.html

http://www.astroshop.com.br/

http://www.binoculos.net/loja/index.php

http://www.paraquedas.net/produtos.asp?codigo_categoria=33

Recomendações para todos !!!


sadalmelik

07/12/2007
14h55
Salve salve a todos!

Dani, os comentário do kelso são bem pertinentes e me ocorreu o seguinte.

Na minha opinião é importante para quem está começando a observação do céu seguir um caminho no aprendizado.

A astronomia tem vários ramos e se você opta por este é interessante se familiarizar com as constelações, onde estão e a posição relacionada umas as outras.

Só aí, já da pra você se divertir fazendo observações a olho nu mesmo. E o céu vai mudando, logo tem algumas constelações que só serão visíveis num determinado período do ano.

Depois de se familiarizar, aí sugiro que parta para binóculos para apreciar as constelações.

Dizem que os mais aconselháveis são os 7x50 de alguma marca boa. Nessa "configuração", por exemplo, é possível ver a constelação do cruzeiro do sul inteira no campo de visão, sem ter que ficar movendo o instrumento para ver todas as estrelas da constelação, é claro que o tamanho das constelações variam. Mas com os binóculos já é possível ver estrelas que não são visíveis a olho nu devido ao brilho ser mais fraco. Além do que, pode-se ver outras coisas sem ser o céu noturno. Durante o dia também tem algumas coisas interessantes no céu. A própria lua, formações de nuvens, paisagens e etc...

Aqui cabe um parêntese que vale para os instrumentos ópticos.

Esse 7x50 que mencionei é o seguinte. O primeiro número é a quantidade de vezes que aumenta e o segundo e o diâmetro da objetiva (ou espelho no caso de alguns telescópios).

Quanto maior o segundo número, mais luz capta e por conseqüência mais "clara" é a imagem. Para observação do céu noturno estamos falando de menos luz do que apreciar uma paisagem durante o dia.

O que deixa caro num aparelho é o tamanho dessa objetiva ou espelho e para observação do céu com binóculos, dizia-me um professor, a melhor relação custo beneficio é esse 7x50, claro que você pode pegar outras configurações de aumento e diâmetro.

Mas cuidado nas lojas, às vezes o vendedor vem e te diz:

- Esse instrumento aumenta 150 vezes (número hipotético).

Só que não fala que a objetiva é de 20 ou 30 mm, daí você aponta para uma estrela e não enxerga quase nada, fica tudo escuro.

Quanto maior o número de vezes que aumenta, menos luz capta, daí o diâmetro deve ser maior para uma boa imagem.

Tem binóculos que tem duas quantidades de aumento, do tipo 7x15x50, não sei se existe essa configuração, mas em tese seria um aumento de 7 vezes ou de 15 vezes numa objetiva de 50 mm. Isso para observar o céu NÃO é aconselhável nos binóculos. É o que eu ouvi dizer, não sei a fundo.

Bom, depois de passar pelos binóculos aí sim vá para um telescópio para observar um ou poucos astros de uma única vez. Aí você tem três principais opções de telescópios, os refratários, os reflexivos e os catadioptricos (que é um misto dos dois).

Com relação ao custo benefício (de $$$ inclusive), os reflexivos (ou newtonianos) são bons para o amador.

Mas aqui eu já estou muito por fora para opinar qualquer coisa.

Sugestão legal? Baixe o software livre muito bom chamado Stellarium

http://www.stellarium.org/

Bom essa é minha sugestão, mas o céu está aí para todos olharem da forma que preferirem.

Um abraço a todos


sadalmelik

07/12/2007
15h13
Nossa que mancada. Também sou novo aqui e não vi que era paginado. hahahaha

Por favor, me perdoem por ser repetitivo em alguns pontos

Abraço


Dani Edson®

04/12/2008
09h43
Caros senhores,

Esta semana, depois de muito tempo, resolvi finalmente comprar um binóculos, conforme as sugestões dos queridos amigos aqui do fórum. Aproveitei uma promoção da Astroshop e comprei este modelo da Celestron:

http://www.astroshop.com.br/produto.asp?CodProd=71137

O grande pivot que me levou a compra-lo foi a magnífica conjunção LUA-VENUS-JUPTER de segunda-feira.

Agora estou ansioso para testar meu novo binóculos.

Grande abraço a todos e mais uma vez muito obrigado pelas orientações e dicas.


Vitchei

27/12/2008
22h42
Eae galera..tenho 15 anos..tô querendo comprar um telescópio que possa atender minhas necessidades..exemplos: vizualizar os aneis de saturno..a lua..etc.

Mas eu não intendo muito bem desses modelos de telescópios..queria saber de vcs qual eh um bom modelo e q é barato. Mas tbm não precisa ser muito barato.

Vlw, abraçO!


Marco Goiato

05/01/2009
17h11
Boa compra !! Conforme o seu interesse aumente e a disponibilidade de $ também, vc poderá partir para outros instrumentos óticos, mais específicos até mesmo. Eu tenho 2 binóculos ( 7x50 e 20x100 ) os quais uso para apreciação celeste geral e avaliação de cometas mais brilhantes, 1 refrator 60mm ao qual adaptei um filtro para observação solar ( eclipses e manchas solares ) e um refletor newtoniano com 220 mm de abertura em montagem dobsoniana ( equipado com 4 oculares com distâncias focais de 40mm, 25mm, 9mm e 6.3mm + filtro para redução de poluição luminosa e filtro específico para cometas ) o qual uso para objetos deep sky, detalhes de planetas e suas luas (uso, em boas condições de céu, aumentos de até 320x, com ótima qualidade de imagem) , cometas de menor brilho ( principal atividade ) e até astrofotografia. Não preciso dizer q isto tudo custou uma grana, porém fui adquirindo aos poucos, a medida que sentia uma lacuna instrumental para determinado campo da astronomia. Este último foi feito por mim mesmo, a partir de kit óptico adquirido junto ao mercado livre, juntamente com as instruções necessárias para a montagem e, claro, boa vontade ( gastei na época aproximadamente R$ 1000,00, sem contar as oculares e filtros importados ), o que considero hoje uma excelente relação custo x benefício a julgar pelo potencial do meu equipamento. Caso queira ( e possa ser divulgado neste espaço, terei o maior prazer em passar o contato do fornecedor, um rapaz muito honesto e educado, o qual faço questão de ressaltar, não tenho qualquer vínculo pessoal ou profissional ( nada ganharei com isto, a não ser o prazer de ver a astronomia brasileira crescer, ainda mais neste ano de 2009, o ano internacional da astronomia ( IYA ), o qual é sediado pelo Brasil. Grande abraço a todos e bons céus.

Marco Goiato


Dani Edson®

06/01/2009
02h04
Puxa Marco, que equipamento voce tem hein!! Parece que está muito bem equipado mesmo! Um dia eu chego lá... Até o momento só consegui observar a Lua, Jupter e Vênus com meus bínóculos... tudo daqui de São Paulo, capital, com uma gigantesca poluição luminosa... Fui para o interior neste final de semana mas não peguei um dia de céu limpo... Só chuva ou nublado.... Ainda estou aguardando uma oportunidade de observar um céu límpido no interior.

Abraços e boas observações!

Dani Edson


Marco Goiato

06/01/2009
16h05
Obrigado Dani. Gostaria de salientar algo de suma importância: seu sítio de observação. Quando utilizamos um instrumento ótico, captamos a luz contida no seu campo visual. Esta luz pode ser a do seu objeto de interesse ( um aglomerado globular, uma galáxia, uma nebulosa, etc ) ou a luminosidade de fundo, como por exemplo a poluição luminosa urbana. Desta forma, mesmo que tenha um gigante óptico em sua mãos, se não tiver um bom céu ( escuro ), não conseguirá observar objetos menos brilhantes, principalmente os difusos, devido a falta de contraste com o fundo do céu. Um bom exemplo é a comparação, a olho nu mesmo, das estrelas que podem ser observadas na lua cheia ( clareando o fundo de céu ) em comparação a ausência de lua no momento da observação, as estrelas estão lá, com o mesmo brilho, porém não sendo identificadas por falta de contraste com o céu durante a lua cheia. Isto remete-nos ao conceito da portabilidade. Para observar a partir de um sítio mais adequado ( fora de São Paulo ) vc deve ter objetos mais facilmente transportáveis ( p. exemplo, meu telescópio pesa ~30 Kg e mede 1.50 m de tubo - não é muito fácil transportá-lo por aí ... além do fato de poder haver um desalinhamento dos elementos ópticos, necessitando um trabalhinho extra para realinhamento dos mesmos ). Este argumento torna o binóculo ainda mais favorável e assim q vc dispuser de melhores condições ( sítio observacional adequado e acessível, maior conhecimento astronômico e óptico, definição se seus objetos de observação mais prevalentes e claro, grana ) poderá fazer os devidos upgrades ( quem sabe montar uma cúpula com um refletor de 400 mm em um local ermo e fazer concorrência com os observatórios profissionais ). Grande abraço e boas observações.

wendel

23/01/2009
01h27
me enterecei pela conversa resolvi perguntar eu que nao tenho muito dinheiro mas me intereço em olhar o ceu com um binoculo e pssivel ver "muita coisa"? e tambem o que eu devo olhar para comprar um binoculo de qualidade


Dani Edson®

23/01/2009
02h23
Marco, mais uma vez obrigado pelos esclarecimentos.

Wendel, eu já passei pelas mesmas dúvidas que você e aqui mesmo no site apolo11.com você deve encontrar as respostas. Sugiro que leia este post desde o início, pois tem muitas dicas de especialistas como o Marco, o Kelso e outros.

Abraços a todos e boas observações!

Dani Edson

Importante: Todos os posts são de total responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do Apolo11.com. Informações sobre nossa Política de Privacidade podem ser encontradas no rodapé da página.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles