Siga o Apolo11 no Facebook   Siga o Apolo11 no Twiiter
Ciência, Espaço e Tecnologia

Lunetas e Telescopios

Helen

18/04/2010
19h12
Meteorito?
Categoria: Astronomia e Astrofísica

Oi gente, sou nova aqui no apolo11 e gostaria de perguntar uma coisa à vcs... hoje á tarde eu fui no meu quintal e quando olhei pro céu vi uma reta brilhosa, chamei meu irmão para ver e ele disse que era um meteorito,gravei um video e coloquei no youtube, gostaria que vcs me respondessem o que seria a ser isso.

Nota do Apolo11: O vídeo foi incorporado ao Fórum pela equipe do portal.


Vicdm

18/04/2010
21h26
Pode ser também um satélite reentrando na atmosféra ou o rastro de condensação de um avião.

cosmonauta

19/04/2010
00h08
Olá helen, benvinda ao forum A11.

Está na moda aparecer coisas diferentes no céu por esses dias, não é mesmo? Ainda mais depois do meteoro americano descrito aqui no site.

Mas salvo engano de minha parte, parece mesmo ser de um avião a jato, que deixa um rastro luminoso pela condensação do ar quente expelido de suas turbinas, quando a temperatura baixa.

Mas talvez pela distancia, não foi possivel ver o próprio avião à frente da fumaça.

Um meteoro cria um brilho muito alto, mas é rápido e quase invisivel durante o dia.

Aguardemos considerações dos colegas e palavra final do Rogério.

Um abraço.


Helen

19/04/2010
11h43
Obrigada por responderem gente, acho que deve ser um avião mesmo, aqui é muito raro acontecer essas coisas... até porque, depois que o rastro sumiu, apareceu outro indo pra cima, e quando aconteceu isso tava passando o jogo do Santos e do São Paulo, será que não tem a ver com os fogos de artificios?
Importante: Todos os posts são de total responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do Apolo11.com. Informações sobre nossa Política de Privacidade podem ser encontradas no rodapé da página.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles