Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Exploração Espacial
Quinta-feira, 7 mar 2013 - 08h47

Com medo de tempestade solar, Nasa desliga o jipe-robô Curiosity

A forte tempestade solar registrada na última terça-feira deverá atingir o planeta Marte nos próximos dias com bilhões de toneladas de partículas carregadas. Para evitar possíveis riscos ao robô Curiosity, a Nasa providenciou o desligamento momentâneo do jipe até a tormenta passar.

Ejecao_de_Massa_Coronal_EMC
Clique para ampliar

Diferente da Terra, Marte não tem campo magnético tão forte capaz de bloquear ou desviar as partículas ejetadas do Sol. Como consequência, o planeta é severamente castigado pelas constantes ejeções de massa coronal que podem danificar seriamente os equipamentos em operação na superfície.

A tempestade solar ocorreu na última terça-feira e foi inicialmente noticiada pelo Apolo11 como sendo capaz de atingir a Terra nesta quinta-feira. Posteriormente, novas modelagens feitas pelo SWPC, o Centro de Previsão de Clima Espacial dos EUA, mostraram que a Terra não seria atingida pelas partículas. Elas haviam sido ejetadas na direção do Planeta Vermelho.

Após o alerta, engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, JPL, resolveram colocar o jipe-robô Curiosity em modo de segurança, temendo uma possível avaria nos equipamentos a bordo do explorador.


Computadores de Bordo
Todos os equipamentos que operam na superfície ou na órbita de Marte possuem proteção contra as tempestades solares, afinal foram feitos para trabalharem naquele ambiente. No entanto, no caso do robô Curiosity a medida foi necessária, pois o jipe-robô está passando por uma recuperação forçada após uma pane nos computadores de bordo ocorrida na quarta-feira, 27 de fevereiro.

Jipe Curiosity em Marte
Clique para ampliar

Na ocasião, os engenheiros responsáveis pela missão detectaram uma falha na memória flash do computador principal (Lado-A) e passaram todas as operações do jipe para o computador secundário (Lado-B), o que obrigou o jipe a entrar no modo de segurança. Desde então, o jipe passou a realizar as operações de superfície com o computador Lado-B, até que a falha no computador principal fosse resolvida.

No sábado, 3 de março, o jipe voltou a operar no modo normal, mas a chegada da tempestade solar obrigou os controladores a recuar no tempo e para evitar qualquer problema com a chegada da tormenta eletromagnética, resolveram colocar o Curiosity em modo de segurança novamente.

Ainda não se sabe a causa da pane no jipe-robô, mas se especula que pode ter sido causada pelo choque de partículas de alta-energia vindas do espaço, conhecidas por raios cósmicos.

A tempestade solar deverá atingir o planeta Marte entre 9 e 10 de março (sábado e domingo). Até lá, Curiosity ficará desligado para evitar que o choque de partículas possa danificar os sistemas de bordo. Dedos cruzados.


Artes: No topo, modelo mostra a ejeção de massa coronal ocorrida em 5 de março de 2013, dirigida em direção ao planeta Marte. Acima, jipe-robô Curiosity em autorretrato feito em 3 de fevereiro de 2013. Créditos: SWPC, NASA/JPL, Apolo11.com.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates