Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Exploração Espacial
Terça-feira, 17 nov 2009 - 12h56

Nasa redobra esforços para desatolar robô Spirit em Marte

A agência espacial americana (Nasa) resolveu redobrar os esforços para tentar desatolar o robô Spirit das areias do Planeta Marte. O jipe-robô está atolado desde o dia 23 de abril em uma área que ficou conhecida como Troia.

Os cientistas tentam sem sucesso, retirar o robô do local há sete meses. O Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) chegou a construir uma réplica do Spirit na Terra e o colocou em condições similares às de Marte para tentar encontrar uma solução de como desatolar o robô.

As rodas do Spirit estão presas na areia e a Nasa já admitiu que a tarefa de recuperá-lo não é fácil. "Será um processo longo e a probabilidade de fracasso é alta", afirmou o diretor do programa de prospecção de Marte, Doug McCuistion.

"A mobilidade em Marte é difícil e qualquer que seja o resultado da operação de resgate do Spirit aumentará nosso conhecimento sobre como analisar o terreno e melhorar os robôs futuros", acrescentou McCuistion.

O Spirit foi enviado ao planeta em janeiro de 2004 junto com o robô gêmeo Opportunity e foi projetado inicialmente para uma missão de três meses. Ao longo dos últimos anos, as informações e imagens em alta definição captadas pelos dois robôs foram essenciais para descobertas em Marte.

Atualmente, enquanto a Nasa tenta salvar o Spirit, o robô Opportunity caminha em direção a cratera Endeavor.


Arte: Modelo topográfico mostra a posição do robô Spirit. A depressão chamada "Cratera Scamander" tem cerca de 8 metros de diâmetro e 25 centímetros de profundidade. A informação foi gerada através de imagens estereográficas captadas no dia 7 de abril de 2009 pela câmera de navegação do jipe-robô e cobre uma área de 12 metros de largura. Ulysses é uma trilha deixada no solo pelo braço robótico do explorador marciano. Crédito: Nasa/JPL.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Roubar não é só meter a mão na carteira das pessoas. Roubar é gastar errado com mordomias, com obras faraônicas, privilegiando quem já tem." - Ciro Gomes