Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Exploração Espacial
Quinta-feira, 30 ago 2007 - 10h17

Robô Spirit começa a se recuperar e envia imagens do planeta vermelho

Pela primeira vez desde que chegou em Marte, em março de 2004,o jipe-robô Spirit realizou uma inédita operação de limpeza de seu imageador microscópico, praticamente coberto de poeira. A operação, batizada de "grãos vão embora", é uma das etapas de recuperação da sonda, seriamente comprometida devido às violentas tempestades que assolaram o planeta vermelho nos últimos 50 dias.

Os dados de telemetria enviados ontem ao JPL, Laboratório de Propulsão a Jato, da Nasa, indicam que o jipe-robô aparenta estar saudável, estacionado na região da cratera Gusev, que lentamente parece ressurgir da poeira.

O obscurecimento causado pelas partículas em suspensão permanece muito alto, mas com tendências de melhora. O material continua a cair e se acumular sobre os painéis solares, limitando a geração de energia elétrica devido ao obscurecimento do Sol.

O índice que mede a opacidade da atmosfera marciana é chamado de "Tau" e permanece muito acima do normal. Entre os dias 18 e 21 de agosto (1288 e 1291 dias de missão), os valores Tau caíram de 3.2 para 3.0, enquanto o nível de poeira acumulada nos painéis solares baixou de 0.664 para 0.640, lembrando que 1.0 corresponde a um painel completamente limpo.No dia 21 de agosto a geração de energia era de apenas 313 watts/hora. Essa capacidade equivale ao suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 Watts durante 3 horas, mas serve apenas para as necessidades básicas do robô.


Grãos Vão Embora
A operação "grãos vão embora", que tem o objetivo de limpar a poeira da superfície das lentes do imageador microscópico, envolve a repetida tomada de imagens, abrindo e fechando a proteção de poeira das lentes e apontando o instrumento ligeiramente para cima em um ângulo de 20 graus, permitindo que a poeira caia no solo, ou seja, movida para o lado. O processo será repetido diversas vezes, até que o nível de contaminação baixe e a qualidade da imagem captada seja considerada aceitável.


Falha de Comunicação
Os engenheiros também estão investigando a causa que impediu o contato do Jipe-robô no dia 22 de agosto, que impediram que as tarefas do dia fossem armazenadas no computador de bordo da sonda. As causas potenciais estão sendo investigadas e incluem um erro no uplink ou interferência causada pelo uplink simultâneo de dados ao satélite MRO - Mars Reconnaissance Orbiter - em missão ao redor do planeta.

Ontem o robô Spirit terminou sua jornada de 42 centímetros rumo à sua nova posição e os planos para o próximo fim de semana incluem uma nova viagem, não maior que 3 metros, a um platô mais elevado, conhecido como "Platô de Casa", de onde serão feitos alguns testes de comunicação com a sonda européia Mars Express, com o objetivo de auxiliar a próxima missão Phoenix, a caminho do planeta.


Previsão do Tempo
Observações meteorológicas mostram não existem mais tempestades em um raio de algumas centenas de quilômetros da cratera Gusev e a calmaria deve permanecer. A opacidade causada pela poeira em suspensão ainda é muito alta, mas a previsão do tempo indica que lentamente o céu deve começar a clarear, para dos robôs e felicidades dos cientistas.

Fotos: No topo, imagem feita no dia 21 de agosto de 2007, pela sonda Opportunity, estacionada do outro lado planeta. As marcas mostram parte do deslocamento do robô, que A sonda não se movimentava desde 12 de julho devido à falta de energia elétrica. Acima, foto do braço robótico da sonda, feita no dia 6 de agosto de 2007.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco