Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Sábado, 2 dez 2006 - 07h31

Com ventos de 230 km/h, super tufão Durian atinge as Filipinas

Com ventos de 230 km/h, o super tufão Durian atingiu ontem toda a cadeia de ilhas das Filipinas e de acordo com informações da Cruz Vermelha, o número de mortes ultrapassa 400 pessoas.

Durian, que também é o nome de uma fruta muito ácida nativa do sudeste asiático, seguiu o mesmo caminho que os tufões Xangsane, Cimaron e Chebi, que nos últimos quatro meses também castigaram violentamente o arquipélago filipino, causando massivos temporais e inundações.

Ao atingir a região com pesadas tempestades e ventos intensos de categoria 4 na escala Saffir-Simpson, Durian causou o desmoronamento de parte das encostas do monte Mayon, um vulcão de quase 3 mil metros de altura e que entrou em erupção a menos de 3 meses.

A enxurrada de cinzas quentes e água invadiu diversas províncias causando inundações, derrubando árvores e danificando casas. O governador da província de Albay, uma das mais atingidas pelo deslizamento do vulcão, disse que diversas pessoas morreram soterradas pela lama de cinzas.

Segundo Noel Rosal, prefeito da cidade de Legazpi, capital de Albay, a situação está terrível. "As cinzas cobrem a cidade. O local parece um deserto negro." Alguns sobreviventes disseram que pedras quentes, do tamanho de automóveis, rolaram junto com a lama, destruindo tudo em seu caminho.

Imagens de TV exibidas pela rede CNN mostram vilas arrasadas e cobertas de cinzas.


Boletim
De acordo com o último boletim divulgado pelo JTWC - Sistema Conjunto de Alerta de Tufões, às 06h00, Durian se localizava sobre as coordenadas 13.8 N e 116.3 E, dentro do sul do mar da China, e se deslocava em sentido leste a 10 km/h.

Durian já deixou o o arquipélago das Filipinas e segundo modelos matemáticos gerados em supercomputadores, acima, a tormenta segue em direção ao Vietnan com menor intensidade, e deve atingir o litoral do país na manhã de segunda-feira.


Satélite
A imagem, feita através de sensores de resolução moderada MODIS, mostra o tufão Durian sobre a cadeia de ilhas das Filipinas no dia 30 de novembro às 05h00 UTC (03h00 Hora de Basília). De acordo com o Centro de Informações de Tempestades Tropicais da Universidade do Hawaí, no momento da imagem a intensidade dos ventos atingia a marca de 230 km/h, situando Durian na categoria 4 da escala Saffir-Simpson, que vai até 5.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles