Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Furacões
Quarta-feira, 12 dez 2007 - 14h43

Tempestade Olga se forma, após temporada ofical de furacões

Uma nova tempestade tropical batizada de Olga ganhou força nas águas quentes do Pacífico. O sistema começou a se formar na segunda-feira à noite, curiosamente 10 dias após o encerramento oficial da temporada de furacões no Atlântico Norte, que teve início em junho.

Olga atingiu a República Dominicana provocando prejuízos. As chuvas causaram o isolamento de cerca de 20 comunidades em vários pontos do país, segundo autoridades locais. A comunidade de Juan López III, no norte do país, foi uma das regiões mais atingidas, mas apesar dos estragos não houve registro de vítimas. Os fortes ventos derrubaram árvores que bloquearam o trânsito nas estradas.

O Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami, emitiu aviso de tempestade tropical nas próximas 24 horas para a costa norte da ilha de Hispaniola, no Haiti e República Dominicana, para o sul das Bahamas e as ilhas Turks e Caicos. Permanece em atenção também a costa sul da República Dominicana por um período de 36 horas.

Segundo informações do NHC, o "olho" de Olga estava localizado no interior da República Dominicana, a 18,8 graus de latitude norte e 69,5 graus de longitude oeste, 45 quilômetros a norte-nordeste de Santo Domingo, às 23 horas desta terça-feira, Horário de Brasília.

A tempestade tropical se movimenta sentido oeste a uma velocidade de 20 km/h. Seus ventos são de 95 km/h com rajadas mais fortes. A expectativa é que Olga perca força nas próximas 24 horas.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Um tolo com instrução é um tolo maior que um com falta dela." - Benjamim Franklin