Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Quarta-feira, 9 mai 2007 - 13h16

Tempestade subtropical Andrea se forma no oceano Atlântico

O NHC, Centro Nacional de Furacões dos EUA, anunciou na manhã desta quarta-feira a formação de uma tempestade subtropical na costa sudeste do país. Batizada de Andrea, a tempestade é um sistema temporão, atípico para essa época do ano, já que as tempestades tropicais e furacões só começam na bacia do Atlântico em junho.

Em seu boletim número 1, emitido às 12h00 (Hora de Brasília) o NHC informou que avisos de tempestade tropical já entraram em vigor ao longo da costa sudeste norte-americana, e se extendem desde Altamaha no sudeste da Geogia até a baía da Flórida, no nordeste do Estado

No momento do boletim, o centro da tempestade Andréa se localizava próximo às coordenadas 30.8N e 79.3W, aproximadamente a 225 km do sudeste de Savannah, na Geórgia e a 240 km a nordeste de Daytona Beach, na Flórida.

André se move em sentido oeste a 6 km/h, devendo permanecer neste movimento pelas próximas 24 horas, quando então deverá se deslocar na direção sudoeste. O olho da tempestade subtropical não deve atingir a costa do país pelo menos até quinta-feira.

Os ventos máximos sustentados pelo sistema de baixa pressão atingem 75 km/h com rajadaas chegando a 105 km/h. Ventos com velocidade e tempestade tropical são registradros a mais de 300 km desde o centro da tormenta. A pressão barométrica registrada por um avião caça-furacão é de 1003 hPa.

Gráfico: modelo numérico de previsão mostra o provável caminho que a tempestade deverá seguir nos próximos 5 dias.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Um tolo com instrução é um tolo maior que um com falta dela." - Benjamim Franklin