Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Furacões
Sexta-feira, 07 nov 2008 - 16h52

Furacão Paloma ameaça Cuba e pode chegar à categoria 3

A tempestade tropical Paloma se fortaleceu nas águas do Caribe e virou furacão nesta sexta-feira. Hoje cedo, Paloma se aproximava das ilhas Cayman com ventos de 150 km/h.


Clique aqui e acompanhe o desenvolvimento da tempestade

O furacão é classificado na categoria 1, na escala Saffir-Simpson, que vai até 5. De acordo com informações do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, Paloma segue em direção a Cuba e pode ganhar força e subir para a categoria 3 neste sábado (8).

Um alerta de furacão foi emitido nas Ilhas Cayman, assim como em algumas províncias de Cuba, entre Sancti Spiritus, Ciego de Ávila, Camaguey e Las Tunas.

Segundo último boletim divulgado pelo NHC, o centro do furacão estava localizado a 355 km a oeste de Montego Bay, na Jamaica. Paloma desloca-se com direção norte-nordeste a uma velocidade de 10 km/h.

O furacão deve atravessar o território cubano entre o domingo e a segunda-feira.

Foto: Furacão Paloma captado pelo espectroradiômetro de resolução moderada do satélite Aqua, em 6 de novembro de 2008. Crédito: Nasa/Modis Team







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire