Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Furacões
Quinta-feira, 07 fev 2008 - 17h31

Número de vítimas por tornados nos EUA sobe para 57

A pior série de tornados das últimas décadas deixou um prejuízo estimado em centenas de milhões de dólares. Só no Condado de Madison, no Tennessee, os danos as propriedades chegam a U$ 47 milhões.

Comunidades em todo o sul dos Estados Unidos tentam resgatar sobreviventes. O número de mortos subiu para 57, informaram as autoridades americanas nesta quinta-feira (7).

Segundo o Centro de Previsão de Tempestades dos EUA, em Norman (Oklahoma), algumas tempestades na noite de segunda-feira registraram ventos semelhantes aos de um furacão, chegando a 265 até 320 quilômetros por hora.

Desde meados da década de 80 os EUA não registravam uma série tão violenta de tornados. No Tennessee, essas foram as tempestades com mais mortes desde 1974. No total 11 Estados foram atingidos pela série de tornados, entre eles Tennessee, Arkansas, Kentucky e Alabama.

"Realmente tivemos quatro tornados no Estado e uma tempestade enorme, assassina, que permaneceu no solo por mais de uma hora", disse Tommy Jackson, porta-voz do Departamento de Gerenciamento de Emergências de Arkansas. No Kentucky, a tempestade provocou danos em todos os 120 condados do Estado.

Buddy Rogers, porta-voz da Defesa Civil, acrescentou "estamos sujeitos a tornados em todos os meses do ano, mas esse número de tornados, 14 tocaram o solo em 11 Estados, é um número histórico para um só evento."

O presidente George W. Bush prometeu visitar o Condado de Macon, no nordeste do Tennesse, nesta sexta-feira, onde 14 pessoas morreram.

Foto: Destroços provocados pelo tornado. Crédito: Beverly Hanner/CNN.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates