Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Sexta-feira, 12 set 2008 - 09h39

Poderoso furacão Ike se aproxima da costa americana

"Se não deixarem a suas casas antes que o furacão Ike toque a costa do Golfo, moradores ao longo da Baía de Galveston, no Texas terão que enfrentar a face da Morte". Esse é o aviso que o NWS, Serviço Meteorológico dos EUA está emitindo a todos os habitantes da costa norte do Golfo do México.

Imagem de satélite Furacão ike

Raramente os meteorologistas usam uma linguagem tão forte. A última vez que isso ocorreu foi há 3 anos, quando o devastador furacão katrina atingiu a mesma região do golfo, próxima à New Orleans.

Para piorar a situação os modelos de previsão mostram que Ike poderá se intensificar ainda mais antes de tocar a costa, passando da atual categoria 2 na escala Saffir-Simpson, para categoria 3, com ventos entre 178 e 209 km/h. Segundo as previsões Ike tocará terra firme entre o começo da noite de sexta-feira e manhã de sábado (12-13/set). Segundo estimativas da Defesa Civil dos EUA, FEMA, mais de 3.5 milhões de pessoas vivem na zona de impacto.


Nasa
De acordo com o NWS o cenário esperado é de caos, com ondas do mar formando muralhas de água de mais de 7 metros de altura nas praias de Galveston. Em Houston, a 30 km de distância, a Nasa ordenou a evacuação total do complexo Johnson Space Center, que controla as operações da Estação Espacial Internacional, transferindo as operações para Austin, também no Texas e Huntsville, no Alabama.


Petróleo
Companhias petrolíferas que atuam na costa texana também suspenderam suas operações de refino e prospecção, fazendo o preço do petróleo subir a 102 dólares o barril. O NWS acredita que severas inundações poderão ocorrer em grande parte da área costeira com efeitos a mais de 50 km dentro do continente.


Boletim
Imagens de satélite recebidas nesta manhã mostram que Ike é um gigantesco sistema de mais de 1200 km de diâmetro e praticamente abrange todo o Golfo do México.

Previsão de impacto Furacão ike

De acordo com o boletim 45 no Centro Nacional de Furacões, NHC, da 09h00, o centro da tempestade se localiza a sobre as coordenadas 26.9 N e 92,2 W, aproximadamente a 585 km a leste de Corpus Christi e 370 km do sudeste de Galveston, ambas no Texas.

Ike se move rapidamente a 20 km/h em sentido oeste-noroeste e um ligeiro giro em sentido norte é esperado para as próximas 24 horas. Mantendo essa dinâmica o centro de Ike deverá tocar a costa do Texas ainda nesta sexta-feira e início de sábado.

Os ventos sustentados de Ike se mantêm em 165 km/h com rajadas de 195 km/h, fazendo de Ike um poderoso sistema de baixa pressão de categoria 2 na escala Saffir-Simpson, mas um aumento nessa intensidade poderá ocorrer antes do olho da tormenta atingir a costa, tornando Ike um furacão de categoria 3.

A pressão barométrica estimada no centro da tempestade é de 956 hPa.

Clique aqui e acompanhe o deslocamento do furacão

Artes: No topo, imagem de resolução moderada feita pelo satélite Aqua mostra o furacão Ike no dia 10 de setembro, já dentro do Golfo do México. Crédito: Modis/Nasa. Na seqüência, previsão de rumo para os próximos 5 dias. Créditos: GOES/NOAA/NHC.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A avareza e a cobiça do poder não são paixões - são medo." - Carl Ehrensvard