Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 31 out 2005 - 06h23

Beta enfraquece após tocar a América Central

O furacão Beta perdeu força durante as últimsa 24 horas e após ser reduzido à tempestade tropical, está praticamente dissipado.

No domingo Beta atingiu a Nicarágua como furacão categoria 2 na escala Saffir-Simpson, com ventos de 170 km/h. De acordo com fontes locais, a tormenta provocou violentas precipitações em diversas regiões do país.

Durante a madrugada, Beta havia se intensificado e chegou a atingir a categoria 3 na escala de furacões, com ventos de 185 km/h e rajadas de 232 km/h.

A tormenta atingiu o continente próximo à região Sandy Bay, na costa leste da Nicarágua, provocando muitos deslizamentos. As comunicaçòes com a região são muito difícies e ainda não há notícias de mortos ou feridos.

No sábado, antes da chegada da tormente, soldados do exército evacuraram mais de 15 mil pessoas das regiões costeira. Em Sandy Bay, local do impacto, vivem pelo menos 3 mil pessoas e a maioria das casas são contruídas em madeira.

  • Conheça a escala Saffir-Simpson


    Veja abaixo como se forma um furacão

    Satélite ao vivo
    Acompanhe as imagens atualizadas da região do golfo do México vistas através do satélite geoestacionário GOES-12.
    Clique aqui !







  • Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
    Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

    "O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire