Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 21 nov 2005 - 06h29

Tempestade Gamma mata 12 pessoas e perde força sobre Honduras

A tempestade tropical Gamma castigou fortemene a América Central no sábado e matou pelo menos 12 pessoas, três delas em um acidente de avião no caminho para uma luxuosa propriedade do diretor de cinema Francis Ford Coppola.

Em Honduras, as chuvas torrenciais destruíram vilas costeiras, mataram pelo menos nove pessoas e deixaram outras 14 desaparecidas. Várias pessoas desapareceram quando um barco de resgate virou.

Gamma é a 27ª tempestade da temporada de furacões do Atlântico norte e a 24ª a ser nomeada

Em Honduras, mais de 5 mil pessoas tiveram de deixar suas casas. "O estrago é terrível em toda a costa do norte", afirmou o presidente de Honduras, Ricardo Maduro, na cidade de El Progreso. "Há pessoas no telhado de suas casas por causa da inundação."

Cerca de 60% de El Progreso, uma cidade de 200 mil habitantes, estava debaixo de água.

Até ontem à noite, modelos numéricos de previsão (acima) mostravam que a tempestade deveria passar ao lado da península de Yucatán, que ainda se recupera dos estragos causados pelo furacão Wilma, três semanas atrás. No entanto, o sistema perdeu força e está praticamente dissipado sobre a costa norte de Honduras.
Boletim
Em seu último boletim, divulgado às 06h00 desta segunda-feira, o Centro Nacional de Furacões confirmou que Gamma está praticamente dissipado sobre as coordenadas 17.2 N e 85.5 W, aproximadamente a 155 km ao norte de Limon, em Honduras.

Os ventos da tempestade atingem agora a velocidade de 45 km/h, o que faz de Gamma novamente depressão tropical.

Ao mesmo tempo que Gamma se dissipa, pressão barométrica sobe e agora marca 1008 hPa (hectopascais).







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates