Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Quarta-feira, 4 jan 2006 - 07h38

Tempestade tropical Zeta continua forte sobre o Atlântico Norte

Desde sua atípica formação, na tarde da última sexta-feira do ano de 2005, a tempestade tropical Zeta permanece ativa sobre as águas do Atlântico Norte e teima em diminuir de intensidade, conforme prevêem cientistas norte-americanos.

O gráfico acima, gerado através de supercomputadores, mostra a trajetória e intensidade prevista para os próximos dias. Nele, vemos que pelo menos até sexta-feira Zeta deve se manter na categoria de tempestade tropical e avançar em sentido noroeste sempre em águas abertas.

Zeta é uma tempestade histórica, já que nunca nunca uma tempestade tropical se formou nesta época do ano.

A temporada de furacões termina no dia 30 de novembro.


Boletim
Em seu boletim número 20, emitido às 05h00 (Hora de Brasília), o Centro Nacional de Furacões, dos EUA, - informou que o olho de Zeta se localizava sobre as coordenadas 22.1 N e 43.1 W ou aproximadamente a 2130 km a este-nordeste das ilhas Leeward.

Zeta move-se em sentido sudoeste com velocidade próxima a 11 km/h. Um giro em sentido oeste é esperado para hoje.

Os ventos sustentados pelo sistema atingem a marca de 100 km/h com rajadas de 142 km/h e não há previsão de enfraquecimento pelo menos até sexta-feira.

A pressão barométrica diminui ligeiramente desde o último boletim e marca agora 994 hPa.

  • Conheça a escala Saffir-Simpson


    Veja abaixo como se forma um furacão

    Satélite ao vivo
    Acompanhe as imagens atualizadas da região do golfo do México vistas através do satélite geoestacionário GOES-12.
    Clique aqui !







  • Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
    Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

    "As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates