Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Segunda-feira, 2 jan 2006 - 07h46

Tempestade tropical Zeta mantêm-se ativa sobre o Atlântico Norte

Formada na tarde da última sexta-feira do ano de 2005, a tempestade tropical Zeta faz história, já que nunca uma tempestade tropical se formou nesta época do ano.

Na imagem acima, feita pelo satélite geoestacionário GOES-12 às 17h45 (Hora de Brasília) do dia 30, Zeta se localizava próxima às coordenadas 25.00 N e 35 W, aproximadamente a 1600 km do arquipélogo português dos Açores.

De acordo com o NHC, Centro Nacional de Furacões dos EUA, os ventos sustentados por Zeta atingiam a marca de 95 km/h com rajadas chegando a 140 km/h.

Zeta é a 27 tempestade tropical formada na bacia atlântica no ano de 2005, marcada por recordes históricos de tempestades intensas.

Boletim
Em seu boletim divulgado às 06h00 desta segunda-feira, o Centro Nacional de Furacões dos EUA, NHC, dava conta de que Zeta se localizava sobre as coordenadas 24.5 N e 39.7 W, ou aproximadamente a 2500 km a este-nordeste das ilhas Leeward.

Zeta move-se em sentido oeste a 11 km/h. Um giro em sentido oeste-sudoeste é esperado para as próximas 24 horas.

Os ventos máximos sustentados pela tempestade atingiam, no momento do boletim, 85 km/h com fortes rajadas. Um enfraquecimento deste sistema está previsto para as próximas horas.

A pressão barométrica estimada é da ordem de 1000 hPa.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire