Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Quinta-feira, 1 dez 2005 - 06h58

Temporada de 2005 termina mas Epsilon pode virar furacão

Mesmo tendo terminado ontem, 30 de novembro, a temporada de furacões do Atlântico Norte ainda permanece ativa.

A formação da tempestade tropical Epsilon, na última terça-feira, quebrou todos os recordes históricos em uma única temporada, totalizando 26 tormentas batizadas.

Mesmo não ameaçando diretamente algum continente, os fortes ventos de Epsilon produzem grandes swells oceânicos gerados no noroeste do centro da tempestade. Esses swells se propagam em direção sudoeste e produzem grandes ondas na região das Bermudas, que devem durar um ou dois dias.


Boletim
Em seu boletim número 7, emitido às 03h00, o Centro Nacional de Furacões dos EUA, NHC, informou Epsilon se localizava sobre as coordenadas 29.6 N e 53.4 W, ou a 1125 km a este-sudeste de Bermuda e ao redor de 1615 km das ilhas portuguesas dos Açores.

Epsilon move-se em direção sudeste a 9 km/h e um giro neste movimento é esperado para as próximas 24 horas.

Os ventos máximos sustentados pela tempestade são de 110 km/h com rajadas atingindo 150 km/h. Um fortalecimento neste sistema está previsto para as próximas horas e fazer de Epsilon um rápido furacão sobre as águas abertas do Atlântico norte.

A pressão barométrica estimada é da ordem de 990 hPa (hectopascais)

  • Conheça a escala Saffir-Simpson


    Veja abaixo como se forma um furacão

    Satélite ao vivo
    Acompanhe as imagens atualizadas da região do golfo do México vistas através do satélite geoestacionário GOES-12.
    Clique aqui !







  • Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
    Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

    "As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates