Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Clima e Meteorologia
Segunda-feira, 7 nov 2005 - 06h35

Violento tornado mata 22 e fere 230 nos EUA

Um tornado violento atingiu o sul de Indiana e partes de Kentucky, nos Estados Unidos, no início do domingo, matando pelo menos 22 pessoas e deixando mais de duzentos feridos, muitos dos quais ainda dormiam quando o incidente se deu, de acordo com autoridades.

Há 15 mortos confirmados no condado de Vanderburgh (Indiana) e mais de cem feridos, disse o tenente John Strange, subcomissário desse condado localizado na área mais afetada.

Autoridades afirmaram que o número de mortes pode aumentar. Equipes de salvamentos fazem buscas de casa em casa e em áreas rurais. Em Warrick, duas pessoas foram encontradas mortas em uma plantação de soja, segundo os bombeiros.

Um condomínio em Evansville foi um dos lugares que mais sofreu com a passagem do tornado, que ocorreu bem antes do amanhecer. Muitas casas foram reduzidas a entulhos, misturados com árvores derrubadas e outros destroços.

Um complexo de apartamentos no vizinho condado de Warrick também foi atingido com violência, com os últimos andares sendo destruídos, de acordo com autoridades.

Inicialmente, o tornado atingiu o Estado de Kentucky, que tem uma divisa com Indiana, onde danificou um hipódromo, antes de atravessar o rio Ohio, e atingir Evansville e o resto do condado rural de Vanderburgh, de 175 mil habitantes.

Cerca de 21 mil pessoas ficaram sem luz, e autoridades locais declararam estado de emergência, no esforço para encontrar e auxiliar sobreviventes e buscar vítimas.


De surpresa
A passagem do tornado se deu sem alerta prévio, ainda de madrugada. Sirenes de alarme tocaram apenas dez minutos antes da chegada do fenômeno natural. "A maioria das pessoas dormia e nem ouviu a sirene", disse o bombeiro Chad Bennett.

Com a passagem do tornado, a televisão norte-americana neste domingo voltou a mostrar sobreviventes zonzos perambulando por vizinhanças destruídas, cenas que se tornam rotina nos Estados Unidos.

Em agosto, o furacão Katrina devastou Nova Orleans. No mês seguinte, foi a vez do furacão Rita atingir a Louisiana e o Texas, e em outubro, o Wilma causou estragos na Flórida.

O tornado deixou um rastro de destruição de 32 Km, uma faixa com largura de 1,3 km. Segundo o Centro Nacional de Previsão de Tempestades, tornados assim são raros no meio-oeste norte-americano, em novembro.

Em setembro, diferentes tornados mataram 10 pessoas nos Estados Unidos. Em média, tornados matam por ano 70 pessoas nos Estados Unidos.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dois cachorros podem matar um leão" - Provérbio