Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Vulcões
Segunda-feira, 13 jun 2011 - 11h32

Em alerta nível 6, Vulcão Puyehue produz 5 tremores por hora

As cinzas do vulcão Puyehue, em erupção há mais de uma semana, já afetam pelo menos seis países incluindo a Austrália e Nova Zelândia, depois que o material piroclástico atravessou todo o Atlântico Sul e Oceano Índico, alcançando a Oceania. No sábado, a coluna de fumaça atingiu 8.000 metros de altura e a sismicidade está agora em 5 tremores por hora.

Vulcão no Chile Puyehue
Clique para Ampliar

O vulcão entrou em erupção no dia 4 de junho, depois que uma série de 1450 tremores de pequena intensidade foram detectados no setor sudeste do Parque Nacional Puyehue, onde se encontra a montanha. De acordo com o Serviço Nacional de Geologia e Mineração do Chile, SERNAGEOMIN, a maior parte dos tremores até agora registrados são de longo-período, com os mais intensos atingindo 3.5 graus de magnitude.

Segundo o SERNAGEOMIN, a sismicidade diminuiu nos últimos dias, passando de 60 tremores por hora registrados no início da erupção para 5 tremores por hora na manhã de segunda-feira (13/06). Mesmo com a atividade sísmica enfraquecida, o Observatório Volcanológico dos Andes do Sul - OVDAS - mantém o alerta em nível 6, de erupção moderada.


Brasil
Nesta segunda-feira, a nuvem de cinzas voltou a cobrir o espaço aéreo de Uruguai e Argentina, forçando nove aeroportos brasileiros a suspenderem as operações de decolagens para o Cone Sul. O aumento de cinzas vulcânicas sobre esses dois países fez com que as companhias aéreas TAM e Gol cancelassem seus voos a Buenos Aires. Em comunicado, a Gol informou que suspendeu os voos para Montevidéu, no Uruguai e Rosário, na Argentina.

Vulcão Puyehue
Localizado no Parque Nacional Puyehue, nos Andes Chilenos, o vulcão Puyehue faz parte do complexo Puyehue-Cordón Caulle (PCCV), que abriga mais três vulcões: a Cordilheira Caldeira Nevada, Mencheca e Cordón Caulle.

Como a maioria dos estratovulcões na Zona Vulcânica Sul dos Andes, Puyehue e Cordón Caulle estão localizados ao longo de uma falha transversa, cortada pela grande falha Liquine-Ofqui, que corre em sentido norte-sul.

O complexo vulcânico é responsável por moldar a paisagem local e produzir uma enorme variedade de formações vulcânicas ao longo dos últimos 300 mil anos. Domos de lava, caldeiras e diversas crateras podem ser encontradas na área além de uma ampla variedade de rochas de origem vulcânica.

Erguendo-se a 2236 metros acima do nível do mar, o vulcão Puyehue está construído sobre uma grande caldeira de 2.4 km de largura, formada nos últimos 11500 anos, no período Holoceno. Junto com seu vizinho Cordón Caulle, entrou em erupção em 1960, logo após o maior terremoto já registrado, de 9.5 graus ocorrido na cidade de Valdivia.

A região de Puyehue-Cordón Caulle é uma das mais importantes áreas de exploração de energia geotérmica do Chile. Ali, diversos tipos de atividades podem ser observadas, desde fumarolas até águas em ebulição.



Foto: No topo, grande erupção do vulcão Puyehue próximo a Osorno, Chile, em 5 de junho de 2011. Na sequência, modelo de dispersão de cinzas vulcânicas mostra a propagação da pluma vulcânica. Créditos: Victor Rojas - Xinhua/Apolo11.com







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire