Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Vulcões
Domingo, 11 mai 2008 - 18h23

Satélite GOES-10 capta nuvem de cinzas e fumaça de vulcão Chaitén

Nesta cena, capturada no dia 9 de maio de 2008 pelo satélite geoestacionário GOES-10, vemos que nuvem de cinzas vulcânicas expelidas pelo vulcão chileno Chaitén já atingiu o oceano Atlântico.

A composição mostra que os ventos que sopram em sentido nordeste fazem com que o material piroclástico seja levado a milhares de quilômetros de distância do local da erupção, ocorrida em 2 de maio, após mais de 9 mil anos de inatividade da montanha. No dia 6 de maio a altura da coluna de fumaça atingia 30 mil metros e resíduos de fuligem já eram observados sobre Buenos Aires, na Argentina e Montevidéu, no Uruguai.

Cientistas brasileiros ligados à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, informaram que uma quantidade mínima de material vulcânico foi detectada no sábado, 10 de maio, sobre cidades do extremo sul gaúcho.

A composição mostrada é uma fusão entre os espectros de luz visível e infravermelho, captados pelos sensores de escaneamento multiespectral do satélite GOES. A cena foi captada de uma altura de 36 mil quilômetros, com o satélite posicionado acima da linha do equador.

Foto: Crédito: Nasa/NOAA/







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco