Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Fenômenos Naturais - Vulcões
Terça-feira, 06 mai 2008 - 20h59

Vulcão Chaitén entra em erupção após 9 mil anos

Autoridades decretaram alerta máximo no sul do Chile depois do aumento da atividade do vulcão Chaitén na manhã desta terça-feira. Todo o povoado da região de mesmo nome, localizada 1.300 km ao sul de Santiago, precisou ser deslocado.

Desde a sexta-feira (2), o vulcão entrou em atividade, após 9 mil anos adormecido. Hoje foi observado um aumento no lançamento de cinzas e de lava.

"Como medida de segurança foi iniciada a evacuação imediata de toda a população que permanecia na cidade de Chaitén, de aproximadamente 384 pessoas, além das equipes de operações de emergência, autoridades e equipes de imprensa que se mantinham na região".

A retirada das pessoas foi organizada por mar a bordo de dois navios da Marinha chilena e uma equipe de resgate da Força Aérea do Chile.

Especialistas do Serviço Nacional de Geologia e Minas temem que a atividade do vulcão aumente mais nas próximas horas. A maior preocupação é o risco de explosões violentas, acompanhadas de fumaça e cinzas nocivas.

Uma grossa camada de cinza e fumaça já cobre a região. Na Argentina, a cinza também já atinge várias cidades e a fumaça lançada pelo vulcão pode ser vista do país.

Muitos vôos comerciais à região e as atividades escolares foram suspensos nesta terça-feira.

Foto: Imagem captada pelo satélite de sensoriamento remoto Terra, da Nasa, mostra a enorme coluna de fumaça originada na cratera do vulcão Chaitén. Observe que a fumaça cruza o cone do extremo sul-americano e já tinge o oceano Atlântico. Crédito: Jeff Schmaltz, Centro Espacial Goddard, Nasa. Clique sobre a foto para ver a região do vulcão através de imagens de satélties.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates