Siga o Apolo11 no Facebook   Siga o Apolo11 no Twiiter
Ciência, Espaço e Tecnologia

Lunetas e Telescopios

Lutcho

01/03/2010
08h53
ÓRBITAS DE SATÉLITES ARTIFICIAIS
Categoria: Satélites e Ciências Espacias

Como são as órbitas (trajetórias) dos satélites? São regulares? São variáveis? São polares? São equatoriais?

Sentidos norte/sul, leste/oeste, vice-versa, versa-vice?


cosmonauta

01/03/2010
21h50
Olá Lutcho.

As órbitas dos satélites artificiais, de fato são um pouco complicadas para se entender.

Sempre fui muito curioso e lia tudo a respeito de astronomia e aviação. Mas as minhas dúvidas foram sanadas ao encontrar este site apolo11 e ler tudo o que se refere ao assunto através dele.

Não deixe de ler o que puder sobre isso.

Mas respondendo

As órbitas de satélites são regulares, ou seja, após entrarem em determinada órbita nela permanecem, com apenas poucos recursos a serem corrigidos.

Tanto que no lançamento já devem estar programados todos estes itens futuros. (altitude, inclinação, velocidade, capacidade de sobrevida, monitoramento, etc)

Assim quando em órbitas muito inclinadas, príoximas aos polos, são denominados de Polares e orbitam de N/S e S/N.

Os de menor inclinação passam mais próximos ao equador terrestre até os mais afastados proximos aos 52 graus, (ISS). Estes sempre passam de Sudoeste ao Nordeste ou de Noroeste ao Sudeste.Alguns são circulares e estão sempre nas imediações do Equador, caso dos Geostacionários, a 36.000 km de altura.

Nenhum satélite de orbita circula de Leste para Oeste.

Um abraço.


kalango

07/03/2010
13h44
O QUE É INCLINAÇÂO, É A DISTANCIA DA LINHA DO EQUADOR ??

cosmonauta

07/03/2010
19h16
Olá Kalango.

Inclinação é a posição que um planeta ou satélite orbita ao circular um astro principal, em relação ao Equador deste.

Como o centro da òrbita é necessariamente o centro do globo, à medida que o satélite passar abaixo do equador em cada órbita, também passará acima.

Assim, temos sempre a inclinação de uma órbita ao Norte ou ao Sul idênticas em graus, passando duas vezes pelo Equador.

A ISS chega aos 52 graus de inclinação, passando sobre as Ilhas Malvinas ao Sul e sobre o Canadá, ao Norte.

Vendo num gráfico, temos a impressão de serem curvas essas passagens, em forma de S, mas ao confrontar com um globo vemos logo ser apenas de inclinação mesmo, mas circulares, mudando apenas de posição em cada órbita.

Veja o Gráfico da ISS, aqui mesmo no apolo11.

Um abraço.

Importante: Todos os posts são de total responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do Apolo11.com. Informações sobre nossa Política de Privacidade podem ser encontradas no rodapé da página.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates