Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Clima e Meteorologia
Domingo, 18 mai 2008 - 19h35

Região afetada pelo vulcão Chaitén, sofre agora com inundações

Os temporais de chuva e neve que vêm atingindo os locais afetados pela erupção do Vulcão chileno Chaitén, só contribuem para agravar a situação.

As atividades do vulcão pararam há 17 dias, mas as explosões periódicas provocaram um abandono geral do local. As cinzas expelidas pelo vulcão ainda não se dissiparam completamente e podem ser vistas a uma distância de 11 km.

A região do Chaitén sofre agora com inundações provocadas pelas fortes chuvas. É praticamente impossível chegar por terra à comunidade de Futaleufú, a cerca de 150 km do vulcão, que também foi evacuada durante o período de atividade do Chaitén.

O Serviço Nacional de Geologia e Mineração deverá instalar novas estações de registro proporcionadas pelo serviço geológico dos Estados Unidos. Será possível realizar observações de todas as estações de monitoramento a partir de um só ponto.

A Marinha e a Força Aérea buscam meios para viabilizar a operação, enquanto o Exército avalia o estado de estradas e pontes que tenham sido afetados tanto pelas cinzas do vulcão quanto pelas chuvas fortes.

Argentina

Na província argentina de Chaco, pelo menos 2.500 pessoas estão isoladas por conta de inundações provocadas pelo transbordamento do Rio Bermejo, que se estende até a Bolívia.

As informações foram divulgadas por fontes oficiais neste domingo (18).

A região é florestal e fica cerca de mil quilômetros ao norte de Buenos Aires. Outras cinco mil pessoas estão ameaçadas pelas enchentes, muitos pertencem a comunidades indígenas.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates