Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Segunda-feira, 3 mar 2014 - 10h42

Rede de vigilância detecta novos bólidos sobre o interior de SP

Alguns dias depois de registrar a passagem de uma extraordinária bola de fogo sobre a costa brasileira, câmeras de vigilância do céu da rede Bramon registraram mais um bólido, desta vez sobre a região noroeste de São Paulo.

No mês de fevereiro, três importantes passagens incandescentes foram detectadas por câmeras de monitoramento de rochas espaciais. A mais intensa ocorreu no dia 12, quando um bólido de cerca de 25 quilos cruzou a costa brasileira acima da cidade de Caraguatatuba. Na ocasião, a intensa bola de fogo foi registrada por câmeras instaladas em São Sebastião, no litoral de SP e em Mogi das Cruzes, no interior paulista.

Agora, novos vídeos divulgados pela Bramon, Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros, mostram novos eventos, desta vez sobre cidades do interior do Estado.

Os registros em vídeo confirmam que no dia seguinte ao evento principal, em 13 de fevereiro uma bola de fogo de pequeno tamanho cruzou o campo de visão da câmera da estação RCP, localizada na cidade de Nhandeara, situada no noroeste do Estado e operada pelo astrônomo amador Renato Poltronieri. As cenas mostram um bólido rompendo a atmosfera no sentido norte-leste, desintegrando-se em seguida.

Agora, um novo evento voltou a ocorrer e também foi registrado pelas câmeras de vigilância do céu.

A passagem da bola incandescente ocorreu às 22h49 do dia 27 de fevereiro e foi detectada pela câmera de céu amplo BTS, instalada na cidade de Batatais, situada a 355 km da capital, entre Franca e Ribeirão Preto. A estação é operada pelo também astrônomo amador Ricardo Cavallini.

Neste registro, o bólido também parece surgir do quadrante norte, mas segue em direção ao quadrante oeste.

Em nenhum dos casos, há registro de algum meteorito que tenha sobrevivido ao intenso calor da entrada na atmosfera.

Embora sejam eventos de pequena magnitude, as detecções são extremamente importantes e mostram a capacidade que a rede de vigilância tem no acompanhamento desse tipo de evento, até então inédita em nosso país.



Vídeos: no topo, registro de bola de fogo feito pela estação BTS, situada na cidade de Batatais, SP. Acima, bólido cruza o céu e é detectado por câmera de vigilância do céu da estação RCP, na cidade de Nhandeara, no noroeste paulista. Créditos: Bramon.org, Apolo11.com.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Um tolo com instrução é um tolo maior que um com falta dela." - Benjamim Franklin