Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Quarta-feira, 6 ago 2008 - 08h52

Guitarrista conclui doutorado sobre Luz Zodiacal

Após diversos anos encantando o público com seus belos solos de guitarra, o guitarrista da banda inglesa Queen, Brian May, deu um grande passo em sua carreira pessoal ao concluir seu doutorado em astronomia.

A tese de May foi desenvolvida no Instituto de Astrofísica do Observatório Teide e Izana, na ilha de Tenerife, nas ilhas Canárias e trata basicamente da luz zodiacal, uma tênue luminosidade visível no céu ocidental.

Os estudos de May foram interrompidos nos anos da década 1970 quando o guitarrista, agora PhD, passou a se dedicar à banda.

A tese chamada "Estudo sobre as velocidades radiais da poeira zodiacal" foi finalizada em 2006 e se baseia em estudos e dados coletados por Brian May sobre a luz zodiacal nos anos de 1971 e 1972, durante observações em Tenerife.


Luz Zodiacal
A luz zodiacal, tema do doutorado, é uma fraca luminosidade que pode ser vista o céu ocidental. Ela é causada pela luz solar refletida na poeira existente no plano das órbitas dos planetas, resultado de impactos de asteróides, cometas e material remanescente da formação do sistema solar.

O melhor período para observar a luz zodiacal é durante a primavera, depois do pôr-do-sol, quando o céu está completamente escuro.

"Estou feliz por ter passado a minha vida tocando no Queen, mas é extremamente gratificante ver a minha tese publicada", declarou o astro pop.

Fotos: No alto, o guitarrista Brian May no Instituto de Astrofísica das Ilhas Canárias. Crédito: Wikimedia Commons. Acima, foto da Luz Zodiacal feita a partir do Observatório de Paranal, no Chile. Crédito: Yuri Beletsky (ESO).







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco