Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Energia
Segunda-feira, 9 out 2006 - 07h20

Sismógrafos detectam explosão nuclear na Coréia do Norte

Às 22h35 de domingo, a rede sismográfica global, GSN, detectou um abalo de 4.2 graus na escala Richter, localizado a 70 km ao norte de Kimchaek, sob as coordenadas 41.294°N e 129.134°E, na Coréia do Norte.

O abalo foi provocado pelo teste de uma explosão nuclear subterrânea em baixa profundidade, levada ao cabo pelo governo norte-coreano. Segundo autoridades daquele país, não houve vazamento de material radioativo.

De acordo com o ministério da defesa da vizinha Coréia do Sul, o teste atômico foi realizado em Hwadaeri, perto de Kilju, às 10h35 locais da manhã de segunda-feira.

No momento da explosão, centenas de sismógrafos espalhados em diversas partes do mundo, detectaram o abalo, considerado leve.

A figura acima mostra o tempo que as ondas P, criadas pelo evento, levaram aproximadamente para atingir diversas partes do planeta. No Japão, as ondas levaram pouco mais de 2 minutos até serem registradas em Tóquio. Nos Estados Unidos, os sismógrafos começaram a registrar o evento 12 minutos mais tarde.

No Brasil o evento também foi registrado pelo sismógrafo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, aproximadamente 25 minutos após ocorrido.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Diplomacia é lembrar o aniversário de uma mulher e esquecer a sua idade" - Kennet Keating