Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Espaço - Brasil no Espaço
Quarta-feira, 25 jun 2014 - 11h17

Força Sofia! Balão científico sobe em prol de bebê de 5 meses

No último dia 07 de junho, mais um balão científico subiu ao topo da atmosfera, desta vez com a missão humanitária de chamar a atenção para a pequena Sofia, um bebê que sofre de uma síndrome rara e que precisa de um transplante que não é feito no Brasil.

Força Sofia - Balão
Clique para ampliar

Batizado de PAHP, Projeto Aeroespacial de um Homem Pobre, o lançamento faz parte da série de voos em grande altitude do Projeto Estratos, um grupo de estudos que tem como objetivo a pesquisa na alta atmosfera terrestre através de balões científicos.

Embora os lançamentos do grupo tenham como meta o desenvolvimento de tecnologia e pesquisa meteorológica, o lançamento recente teve também o propósito de chamar a atenção das pessoas para o caso da pequenas Sofia, uma bebe de 5 meses que sofre de uma síndrome rara chamada Síndrome de Berdon.

Sofia, que mora no interior de São Paulo, precisa urgentemente de um transplante de órgãos por meio de uma cirurgia que custa cerca de 2,4 milhões de reais, mas que é feita apenas nos EUA, uma vez que o Brasil não tem estrutura para uma caso tão delicado.

"Levamos dois meses para consumar a missão e chegamos a trabalhar 22 horas em algumas etapas da montagem da sonda", disse Bruno Sousa, membro líder do Projeto Estratos e idealizador da missão "Força Sofia".

A missão
A sonda, batizada de Nina, foi lançada às 09h10 da manhã a partir da cidade de Pitangueiras e rapidamente ganhou velocidade e altitude.

Diversas pessoas estavam presentes ao lançamento, inclusive repórteres e cinegrafistas de veículos de comunicação que foram chamados para cobrir o evento, que também foi transmitido ao vivo pela internet.

Balão Projeto Estratos
Clique para ampliar


Nina levou a bordo duas câmeras de alta resolução. Enquanto uma filmava foto de Sofia com o frase "FORÇA SOFIA", escrita em três idiomas, a outra filmava o balão científico e o espaço.

Além das câmeras haviam sensores de dados construídos por membros do projeto, um rastreador via satélite e uma sonda meteorológica, totalizando uma carga de 1.5 quilos.

O balão de látex preenchido com gás hélio atingiu a altitude máxima de 32 mil metros e enfrentou temperaturas extremas que chegaram a 55 graus negativos. No total, a sonda permaneceu no ar durante 143 minutos até atingir o solo. De acordo com o Bruno Sousa, a velocidade média de ascensão foi de 5.7 m/s e em alguns momentos os sensores registraram ventos de mais de 100 km/h.

Projeto Estratos - Carga Balão Nina - Força Sofia
Clique para ampliar

A sonda pousou sobre a copa de uma árvore de 25 metros de altura em meio a uma mata na área rural entre os municípios de Cajuru e Altinópolis, a mais de 120 km de distancia do local de lançamento em Pitangueiras, SP. Segundos os responsáveis, o erro entre a previsão do local de queda e o pouso da sonda foi de apenas 7 km. "Consideramos o local de queda como o quintal da nossa casa, já que chegamos a resgatar nossa segunda sonda sondas a mais de 260 km de distancia, no município de São José da Barra, em MG, disse um dos membros do projeto.


Novos Desafios
Projeto Estrato PAHP pretende realizar mais 5 lançamentos ainda em 2014, sendo todos para fins de estudos e experiências. O próximo evento deverá ocorrer em agosto, quando o grupo pretende transmitir imagens ao vivo durante o voo. Em outubro o Estratos tentará registrar a chuva de meteoros Orionideas, na constelação de Orion.


"Levamos tempo para chegar até aqui, passamos por várias dificuldades ouvimos muitos não, chegamos a pensar em desistir, mas vencemos e hoje não somos os melhores mas estamos entre eles. Vimos que aqui no chão já tem gente de mais,então resolvemos "viver" no céu onde é nosso lugar", disse Bruno Sousa.

Para conhecer o projeto Estratos, acesse a página no facebook: https://www.facebook.com/projetoestratos

Força Sofia!



Artes: no topo, retrato da pequena Sofia registrado a 34 mil metros de altitude sobre o interior paulista por um das câmeras do projeto Estratos. Na sequência, vídeo mostra os melhores momentos do lançamento e da missão. Acima, momento de lançamento do balão e detalhe da carga útil. Créditos: Projeto Estratos, Apolo11.com.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Roubar não é só meter a mão na carteira das pessoas. Roubar é gastar errado com mordomias, com obras faraônicas, privilegiando quem já tem." - Ciro Gomes