Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Espaço - Tecnologias
Domingo, 15 mar 2009 - 21h15

Discovery é lançado com sucesso rumo à ISS

O ônibus Espacial Discovery foi lançado com sucesso na noite deste domingo a partir da plataforma 39-A da base de Cabo Canaveral, na Flórida. O lançamento ocorreu exatamente às 20h43 pelo horário de Brasília e oito minutos após a ignição dos foguetes de combustível sólido a nave se separou do tanque externo de combustível e entrou na órbita terrestre.

O lançamento ocorreu após uma série de adiamentos devido a um vazamento na linha de alimentação que transporta o hidrogênio líquido do tanque externo até os três motores principais do cargueiro espacial.

A Missão
A missão, batizada oficialmente de STS-119 tem como objetivo principal transportar e instalar o suporte S6 e o conjunto final de painéis solares necessários à geração de energia utilizada na Estação Espacial Internacional, ISS.

O suporte S6 dará sustentação aos novos painéis solares de 80 metros de envergadura, além dos motores que os farão seguir constantemente o Sol. Os painéis complementarão a matriz elétrica já existente na ISS e fornecerão entre 84 e 120 Kilowatts de energia, o suficiente para abastecer até 40 residências de médio porte.

Os painéis solares atuais permitem a realização da maior parte das operações do dia-a-dia na Estação, mas os novos experimentos e a maior quantidade de pessoas previstas para "morar" na ISS aumentarão o consumo, que deverá ser suprido pela nova estrutura geradora.

"Temos muitas atividades planejadas e não podemos limitar os experimentos devido à falta de energia", disse Kwatsi Alibaruho, Diretor de Vôo para a Missão STS-119. "Se quisermos realizar todos os experimentos e tarefas, precisamos de mais energia", finalizou Alibarulho.

Para montar o suporte S6 e os painéis solares os especialistas deverão utilizar o braço robótico da Estação o mais estendido possível, deixando pouco espaço para manobras. O mesmo procedimento precisou ser feito durante a instalação do suporte gêmeo P6, do outro lado da Estação. A equipe espera fazer o trabalho sem granes solavancos, mas sabem que a operação é bastante delicada.

Um total de sete pessoas participa da missão STS-119: o comandante Lee Archambaut auxiliado pelo piloto Tony Antonelli e os especialistas Joseph Acaba, Steve Swanson, Richard Arnold e John Phillips. O astronauta japonês Koichi Wakata, que pegou carona no vôo junto à tripulação da Discovery assumirá o posto de engenheiro de vôo da ISS no lugar da astronauta Sandra Magnus, a bordo da Estação há mais de quatro meses. Sandra retornará à Terra junto à tripulação da Discovery enquanto Wakata permanecerá no espaço até junho de 2009.

A missão deverá durar 14 dias e durante esse tempo serão realizadas quatro atividades extraveiculares (EVAs) para a montagem dos painéis. O acoplamento do ônibus espacial junto à ISS ocorrerá nesta terça-feira às 18h13 pelo horário de Brasília e será transmitido ao vivo pelo Apolochannel, que retransmite a Nasa-TV.

Assista à Nasa TV

Conheça a Seqüencia de Lançamento dos Ônibus Espaciais

Foto: Ônibus Espacial Discovery parte da plataforma 39A do Centro Espacial Kennedy. Credito NASA TV.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O segredo em negócios é saber alguma coisa que mais ninguém sabe." - Aristóteles Onassis