Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Segunda-feira, 06 abr 2009 - 07h10

Bloco de gelo Wilkins se despreende da Antártida

O gigantesco bloco de gelo Wilkins do tamanho da Jamaica se soltou de duas ilhas da Antártida durante este fim de semana, segundo informações de pesquisadores.

O bloco Wilkins estava preso às ilhas Charcot e Latady no oeste do continente antártico por uma fina ponte de gelo.

De acordo com os cientistas, já era previsível que o bloco se desprenderia da Península Antártica. Seu tamanho está diminuindo desde a década de 90 e para muitos pesquisadores o rompimento é uma evidência do aquecimento global.

Imagens de satélite da Agência Espacial Européia (ESA) indicavam que a ponte estava muito perto de se romper.

O pesquisador David Vaughan, do instituto British Antarctic Survey, monitora os movimentos do bloco Wilkins desde janeiro com a ajuda de um GPS na ponte de gelo.

Com o rompimento, centenas de icebergs flutuam agora no lado oeste da Antártida perto da extremidade sul da América do Sul. Neste momento o rompimento do bloco Wilkins não deve ter impacto direto no nível do mar porque as placas de gelo apenas se soltaram, mas não derreteram.

Nos últimos 50 anos, o aumento da temperatura na Terra soltou por completo outros blocos de gelo na região, como Prince Gustav, Larsen Inlet, Larsen A, Larsen B, Wordie, Muller e Jones.

Foto: Imagem captada pelo satélite Envisat, da ESA, mostra uma das rachaduras na plataforma de gelo de Wilkins, responsável pelo despreendimento do iceberg. Crédito: Envisat/ESA.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates