Sexta-feira, 27 fev 2009 - 10h20

A caminho de asteróides, sonda fotografa cratera marciana

A agência espacial americana, Nasa, divulgou na tarde de ontem (26/fev) novas imagens do planeta Marte que mostram uma série de formações rochosas similares a crateras. As cenas foram captadas pelas câmeras de alta resolução da missão Dawn, em atividade no espaço desde setembro de 2007 e que tem o objetivo de explorar os dois maiores objetos do Cinturão de Asteróides: o asteróide Vesta e o planeta anão Ceres.

As imagens divulgadas pela agência foram feitas no comprimento de onda do infravermelho e mostram uma variedade de crateras na região noroeste do Planeta vermelho. Segundo a agência americana, a escarpa vista na imagem faz parte do planalto marciano e aparece na cena iluminada pela luz do nascer do Sol. A composição também mostra claramente a região parcialmente encoberta por nevoeiro. A cratera vista na parte inferior tem aproximadamente 55 quilômetros de diâmetro.

Empurrão Gravitacional
As cenas foram captadas no dia 17 de fevereiro durante a manobra da sonda ao redor de Marte, que utilizou a força gravitacional do planeta para "arremessá-la" com mais velocidade em direção ao asteróide Vesta, onde deverá chegar em 2012. Em seguida a sonda seguirá rumo ao planeta-anão Ceres, finalizando a missão em 2015.


A Missão
O objetivo da missão Down, ou Alvorada, é caracterizar as condições e processos que ocorreram no início do sistema solar. Para isso serão investigados em detalhes os dois maiores protoplanetas que permaneceram intactos desde a sua formação: o asteróide Vesta e o planeta-anão Ceres.

Junto com outros objetos, Ceres e Vesta orbitam em uma extensiva zona entre Marte e Júpiter, conhecida como Cinturão de Asteróides. Cada um deles passou por processos evolucionários e dinâmicos muito diferentes, que ocorreram nos primeiros milhões de anos durante formação do sistema solar.

Após o lançamento, a sonda Alvorada empregará um novo motor de íons para propeli-la em sua jornada de quatro anos em direção ao seu primeiro alvo, o asteróide Ceres, distante 3 bilhões de quilômetros da Terra.

Após diversos meses de análises científicas do asteróide, novamente a Alvorada acionará seu foguete principal, que a levará para um encontro, em 2015, com o planeta-anão Ceres.

Quando se aproximar dos objetos, os cientistas e o público interessado terão acesso a uma grande variedade de novas imagens nunca vistas até então, incluindo montanhas, canions, crateras, fluxos de lava, calotas polares e possivelmente antigos leitos de lagos e desfiladeiros.


Artes: No topo, cena captada pela sonda Alvorada durante manobra de empuxo-gravitacional, em fevereiro de 2009. Na sequência, esquema da viagem da sonda, onde se vê as diversas etapas até atingir Vesta e Ceres. Créditos: Nasa.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Dizer a verdade é tão difícil quanto ocultá-la" - Baltasar Gracin