Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Terça-feira, 15 dez 2009 - 09h23
Por

Alerta de erupção do vulcão Mayon remove 9 mil famílias nas Filipinas

O governo das Filipinas ordenou nesta segunda-feira (14), a remoção de nove mil famílias de Lagazpi, na província de Albay diante da probabilidade de erupção do vulcão Mayon, localizado a cerca de 330 quilômetros de Manila, a capital do país.


Clique para ampliar

As autoridades elevaram o alerta de erupção depois que várias explosões foram registradas e decidiram iniciar a retirada da população das proximidades do Vulcão. A remoção poderá afetar cerca de 45 mil pessoas e deverá prosseguir nas próximas 24 horas. Os moradores estão proibidos de se aproximarem num raio de 6 km.

De acordo com o Instituto Filipino de Sismologia e Vulcanologia, o nível de alerta subiu para 3, em uma escala de 5. O vulcão lançou lava e cinzas que atingiram uma altura de cem metros e sua atividade crescente indicam maior chance de erupção, explicaram os especialistas.

"O vulcão mostra uma atividade crescente e achamos necessário ampliar o alerta", afirmou o vulcanólogo Renato Solidum. Sua atividade vem sendo acompanhada desde o mês de julho quando apresentou sinais, após três anos adormecido.

O vulcão Mayon é o mais ativo dos 22 vulcões existentes nas Filipinas e faz parte do chamado Anel de Fogo do Pacífico. Seu cume em formato de um cone simétrico é considerado um dos mais belos da natureza. Mayon entrou em erupção pelo menos 50 vezes nos últimos 400 anos. Sua atividade mais destrutiva é datada em 1814.

Painel Global: Acompanhe junto a outros internautas os acontecimentos nas Filipinas


Foto: Fluxos piroclásticos descem as encostas do vulcão Mayon, em erupção ocorrida em 1984. Crédito: WikiMedia Commons.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"A bestialidade humana é a única coisa que pode dar idéia do infinito" - Ernest Renan