Sexta-feira, 2 mai 2014 - 11h17
Por Rogério Leite

Ao vivo! Estação Espacial encobre Marte na segunda-feira!

Atualização06 maio 2014 - 08h18

Conforme o calculado, a Estação espacial internacional, ISS, cruzou diversas cidades do Estado de São Paulo e passou praticamente "colada" ao planeta Marte, criando um belo espetáculo no céu. O evento foi registrado por diversos observadores que enviaram vídeos e fotos.

Vista de São Paulo, a separação angular entre a ISS e o planeta foi de cerca de 9 minutos angulares, embora aparentasse ser menor. Essa separação é equivalente a um terço do disco lunar e bastante próxima daquela calculada pelo Apolo11 que seria de quase dois minutos de grau.

A diferença, embora pequena, foi suficiente para comprometer a precisão do acompanhamento transmitido ao vivo, que mostrou a ISS cruzando o campo de visão do telescópio no extremo inferior do sensor, ao invés de percorrer toda a área disponível. Mesmo assim, o registro foi efetuado com sucesso pela equipe Apolo11.

Ocultação marte-ISS
Clique para ampliar

Diversos observadores mandaram vídeos e imagens feitos durante o evento. A BRAMON, Rede Brasileira de Observação de Meteoros, registrou a passagem a partir da cidade de Campinas, próxima à São Paulo. A captura da aproximação e trânsito foi feita pela estação CPSWA, operada pelo pesquisador Wilson Alves da Silva (vídeo acima) e mostra todo o trajeto da ISS até seu desvanecimento pelo bloqueio da luz solar.

Outro observador, Ismael Souza, de Sorocaba, interior de São Paulo, registrou o evento através de foto de longa exposição, em que a ISS aparece como um longo traço, abaixo do planeta Marte.



Atualização
05 maio 2014 - 19h33
Veja como foi a conjunção entre a Estação Espacial Internacional e o planeta Marte em 05 de maio de 2014. As cenas foram levadas ao ar ao vivo, registradas por telescópio de 300 mm a partir da cidade de São Paulo.


No próximo dia 5, um evento bastante interessante poderá ser visto de uma pequena região do Brasil. Trata-se de uma conjunção celeste muito estreita que fará a Estação Espacial raspar ou até mesmo encobrir o planeta Marte.


Passagens da Estação Espacial sobre as cidades são bastante comuns, mas conjunções extremas ou ocultações provocadas pela sua passagem não são tão triviais, além de serem bastante difíceis de serem calculadas.


No dia 5 de maio de 2014, segunda-feira, ocorrerá um evento desse tipo que poderá ser observado da cidade de São Paulo e também de cidades vizinhas. Exatamente às 18h47, o complexo espacial cruzará o céu da metrópole no sentido noroeste-sudeste e deverá passar praticamente sobre a posição celeste onde se encontra o planeta Marte.

Os primeiros cálculos indicam que do ponto de vista da capital paulista a separação angular entre os dois objetos deverá ser menor que 80 segundos de arco, uma distância visual tão pequena que quase não dá pra ser percebida.

A medida em que a Estação espacial perde altura naturalmente, novos cálculos feitos no dia da passagem deverão indicar uma separação ainda menor, com possibilidade de ocultação do disco marciano visível da capital.

Devido ao efeito da paralaxe, esse fenômeno só poderá ser observado dentro de uma pequena faixa ao redor da cidade de São Paulo e quanto mais ao leste estiver o observador, mais chances terá de presenciar o evento em sua totalidade. As cidade litorâneas estarão bastante favorecidas e poderão presenciar a olho nu a ocultação de Marte pelo complexo orbital.


Outras cidades
Como explicado, fenômeno só poderá ser observado nas cidades ao redor de SP, mas poderá ser visto sem a dramaticidade da ocultação também em outras localidades. No RJ, a ISS será vista cruzando a cidade passando acima de Marte, enquanto em Curitiba a estação passará abaixo do planeta. Para saber se a estação estará visível em sua cidade você poderá usar nosso site Satview, escolhendo a opção "Previsão 5 dias", depois de ajustar sua localidade. Para acessar o Satview, clique aqui .


Ao vivo
Apolo11 deverá transmitir ao vivo o evento a partir da capital paulista a partir das 18h15 de segunda-feira. No momento da máxima aproximação a ISS estará a 617 km do observatório e 424 km de altitude, acima do Atlântico na altura do litoral de Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

Para a transmissão será utilizado um pequeno telescópio de angulo largo de 400mm, que permitirá mostrar a chegada, aproximação e afastamento da ISS em relação a Marte, que estará a 40 graus de elevação sobre o quadrante leste, onde nasce o Sol.

Bons céus (é o que esperamos)!

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Quem não compreende um olhar, tampouco há de compreender uma longa explicação" - Provérbio Arabe