Domingo, 09 jan 2005 - 08h21

Após tsunami, ilhas nas Maldivas ficam inabitáveis

Nove ilhas das Maldivas, totalmente destruídas pelo maremoto de 26 de dezembro, ficaram inabitáveis, declarou o representante permanente do arquipélago na ONU (Organização das Nações Unidas), Mohamed Latheef.

"Um total de 14 ilhas foram esvaziadas depois do maremoto e nove ficaram totalmente inabitáveis", afirmou Mohamed Latheef, na véspera da reunião internacional sobre os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento.

"A infra-estrutura destas ilhas foi destruída e muitas áreas das ilhas estão submersas. Sua recuperação seria muito cara, por isso vamos retirar os habitantes", disse.

Quase 12 mil pessoas viviam nas 14 ilhas esvaziadas, segundo Latheef, que não soube dizer o número de pessoas afetadas pela realocação.

As Maldivas, que têm 300 mil habitantes, são um arquipélago de 1.200 ilhas, sendo 300 delas habitadas, que sobressaem de um a dois metros acima do nível do Oceano Índico.

Pelo menos 82 pessoas morreram nas Maldivas por causa do maremoto, que deixou cerca de 156 mil mortos nos países do sudeste da Ásia.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Quem não compreende um olhar, tampouco há de compreender uma longa explicação" - Provérbio Arabe