Terça-feira, 26 jun 2012 - 09h51

Aproveite as noites de inverno e olhe para o céu estrelado!

Se você já estava ficando com saudades das noites estreladas e seu telescópio estava quase embolorando no armário, então chegou sua vez. Reúna toda a família, pegue o cachorro, uma garrafa de café e um agasalho, porque lá fora o céu está te esperando!

Carta Celeste em 26 de junho de 2012
Clique para ampliar a carta

Uma das melhores coisas relacionadas ao inverno são as noites limpas e repletas de estrelas. A menor quantidade de nuvens e umidade proporciona um cenário magnífico para os observadores do céu, que podem permanecer mais tempo contemplando e estudando os planetas, estrelas e nebulosas.

Apesar do tempo meio esquisito dos últimos dias, os pontinhos luminosos encravados no firmamento já começam a despontar em maior quantidade, tornando a abóbada celeste um palco verdadeiramente iluminado.

A carta celeste mostrada neste artigo vai ajudar você não só na noite de hoje, mas também nas dos próximos dias. Ela retrata o céu do quadrante oeste visto às 19h30 de 26 de junho. Nela, a Lua em quarto crescente domina o cenário, acompanhada de diversas estrelas e os planetas Marte e Saturno.

Neste horário, Saturno estará bastante elevado no céu e à medida que o horário avança parecerá seguir a linha vermelha rumo ao horizonte. Essa linha, chamada eclíptica, é o plano da órbita da Terra ao redor do Sol. Como as órbitas dos demais planetas estão dentro ou próximas da eclíptica, todos parecem seguir o mesmo trajeto.

Marte também será presença constante nestes dias e poderá ser encontrado com facilidade. Uma vez que você o encontre no céu, será reconhecido quase que imediatamente nas noites seguintes.

Apesar de parecerem aos nossos olhos com o mesmo brilho, as distâncias entre a Terra e cada um deles é bastante diferente. Enquanto marte está praticamente na esquina, a 205 milhões de quilômetros de nós, o gigante gasoso Saturno está quase sete vezes mais distante, a 1.4 bilhões de quilômetros.


Estrelas
No topo esquerdo a carta mostra duas estrelas muito brilhantes: Rigel Kent e Hadar, respectivamente Alpha e Beta do Centauro.

Rigel Kent é a terceira estrela mais brilhante do céu noturno e vista sem instrumento parece um ponto único, mas na realidade é um sistema triplo formado por Alpha Centauro A, B e C. Conhecida também como Próxima Centauro, Alpha Centauro C é a estrela mais próxima do Sol, distante apenas 4.2 anos-luz (aproximadamente 40 trilhões de quilômetros.)

No topo direito superior se encontra a gigantesca Arcturus, a quarta estrela mais brilhante no céu noturno. Distante 33 anos-luz da Terra, a estrela é 30 vezes maior que o Sol, com 22 milhões de quilômetros de diâmetro.

Agora que você já conheceu algumas das joias que poderão ser vistas nos próximos dias, que tal estender uma esteira no chão e apreciar o magnífico céu que está despontando? Afinal, é de graça e muito, muito instrutivo!

Bons céus!


Arte: carta celeste mostra o céu noturno em 26 de junho de 2012, com a presença da Lua, Marte e Saturno, além das estrelas Arcturus e Alpha Centauro. Crédito: Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy