Domingo, 6 mar 2005 - 20h35

Astronauta brasileiro pode embarcar rumo à estação espacial já em 2006

O Brasil poderá enviar seu primeiro astronauta à Estação Espacial Internacional (ISS) no próximo ano a bordo de uma nave russa Soyuz TM, informou ontem Viácheslav Davidenko, porta-voz da Roscosmos, a agência espacial russa. O Tenente Coronel Marcos César Pontes foi selecionado em julho de 1998 pela Agência Espacial Brasileira, e se confirmado, deverá partir rumo à estação.

A viagem do primeiro brasileiro ao cosmos foi um dos assuntos que foi tratado pelo diretor da Roscosmos, Anatoli Pérminov, e o diretor do Departamento de Assuntos Internacionais do Ministério da Defesa do Brasil, Carlos Leal Velloso, disse Davidenko à agência Itar-Tass. "Leal Velloso disse que o governo de seu país deseja que o primeiro astronauta do Brasil realize sua viagem à ISS a bordo de uma nave russa Progress TM", disse Davidenko ao comentar as conversas que os dois tiveram em Moscou.

Permínov respondeu que a viagem do astronauta brasileiro à ISS será possível se em 2005 os Estados Unidos restabelecerem os vôos de suas naves espaciais suspensos desde fevereiro de 2003 depois da tragédia do Columbia.

"Neste caso, a Rússia poderá destinar no ano entrante um lugar nas naves Soyuz para enviar à ISS tripulações de visita ou turistas espaciais", afirmou Davidenko ao acrescentar que um desses lugares poderia ser para um astronauta do Brasil.

Leal também informou a Permínov que um oficial da Força Aérea do Brasil há quatro anos faz um curso de capacitação para astronautas na Nasa, o que torna mais provável a execução do vôo espacial em 2006..

Em sua visita à Rússia, Leal e sua delegação visitaram a base de Baikonur, na república centro-asiática do Cazaquistão, onde presenciaram na segunda-feira passada o lançamento da nave russa de carga Progress M-52.

"Viemos a Baikonur para conhecer de perto a base e a experiência russa de exploração da infra-estrutura espacial", ressaltou Leal em declarações dadas à imprensa local.

Ele também destacou que a Rússia e o Brasil concordaram em desenvolver sua cooperação espacial dentro dos programas nacionais para a fabricação de foguetes portadores brasileiros e em construir centro de lançamentos espaciais no Brasil.

Posteriormente, um comunicado da Roscosmos ressaltou que o protocolo de cooperação assinado durante a visita do presidente russo, Vladimir Putin, ao Brasil em novembro permitirá aos dois países iniciar projetos relacionados a outros campos da tecnologia espacial.

"Para a Rússia, a cooperação no âmbito espacial com o Brasil é um dos objetivos prioritários", ressaltou Permínov.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax