Sexta-feira, 6 nov 2015 - 10h11
Por Rogério Leite

Atenção: Tempestade Solar está atingindo a Terra neste momento

Atualização - 07 nov 2015 - 10h22Tempestade Solar está atingindo a Terra neste momento

De acordo com o previsto na últimas sexta-feira, estamos sendo neste momento bombardeados por forte quantidade de partículas carregadas vindas do Sol.

O índice KP, que mede a instabilidade da ionosfera, está bastante elevado e atinge agora o nível KP=6.

Indice KP elevado devido a tempestade geomagnetica em 7 de novembro de 2015
Índice KP elevado devido à tempestade geomagnética em 7 de novembro de 2015 - Clique para acompanhar a evolução da tormenta geomagnética

Consequencias
Sistemas de potência: Redes elétricas em latitudes elevadas podem sofrer alertas de variação de tensão. Se prolongadas, as tempestades podem danificar transformadores.

Espaço: Podem ser necessárias reorientações na órbita de satélites. O aumento do arrasto da atmosfera pode interferir no cálculo orbital.

Outros: Pode fechar a propagação em ondas curtas (HF) nas latitudes elevadas. Ocorrência de auroras boreais em latitudes baixas, ao redor de 55º.




Nova tempestade solar deve atingir a Terra neste sábado

Depois de obrigar o fechamento de aeroportos na Suécia na última quarta-feira, a recente atividade solar continua em alta e deverá provocar novas tempestades geomagnéticas neste fim de semana. Mantenha atenção.

Evolucao das particulas solares rumo a Terra
Evolução das partículas solares rumo à Terra Clique para animar

Na última quarta-feira, o choque de partículas carregadas vindas do Sol contra a Terra obrigou as autoridades suecas a suspenderem as operações de decolagem em diversos aeroportos do país.

Na ocasião, a intensidade do vento solar chegou a registrar 600 quilômetros por segundo, que ionizou fortemente a alta atmosfera acima da Suécia provocando interferência significativa nos radares dos aeroportos.

O motivo do aumento da velocidade do vento solar observada nos últimos dias ocorreu como consequência direta do chamado "buraco coronal", uma espécie de abertura aleatória na alta atmosfera solar criada por uma anomalia repentina do campo magnético, que enfraquecido deixa "vazar" com mais intensidade as partículas naturalmente ejetadas pelo Sol.


Fim de Semana
A tempestade geomagnética esperada neste fim de semana tem origem diferente - uma explosão solar - mas com efeitos similares aos observados na Suécia, mas provavelmente com menor intensidade.

A explosão, de classe de raios-X M3, ocorreu no dia 4 de novembro e provocou grande ejeção de massa coronal (CME) das vizinhanças da mancha solar AR2443, que estava voltada para a Terra.

Como consequência, bilhões de toneladas de plasma altamente carregado foi arremessado ao espaço e deverá atingir nosso planeta no dia 7, sábado pela manhã, com efeitos que deverão durar pelo menos 24 horas.

Diferente das tempestades geomagnéticas provocadas por buracos coronais, que elevam a velocidade do vento solar durante dias, as tormentas oriundas de ejeções de massa coronal são mais rápidas, a não ser sejam muito intensas.

Consequências
De acordo com o SWPC, Centro de Previsão de Clima Espacial, dos EUA, a tempestade poderá causar pequenas flutuações nas redes de distribuição de energia elétrica em localidades de latitudes elevadas do hemisfério norte, além de possíveis anomalias em equipamentos a bordo de satélites.

As partículas provenientes do Sol são bloqueadas na alta atmosfera e desviadas em direção aos polos. Dessa forma, auroras deverão se formar acima do paralelo 50, para alegria dos habitantes dessas regiões.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy