Sábado, 3 set 2016 - 18h21
Por Rogério Leite

Buraco coronal bombardeia a Terra com ventos de 700 km/s

Há mais de 48 horas a Terra está sendo bombardeada por fortes ventos solares que ultrapassam a marca de 700 km/s.

Buraco Coronal
Buraco coronal registrado em 03 de setembro de 2016 pelo satélite de observação slar SDO.

Como consequência, o nível de instabilidade da ionosfera atingiu por quatro vezes o índice KP=6, o que significa que redes elétricas em latitudes elevadas do planeta podem sofrer alertas de variação de tensão e até mesmo danos em transformadores.

Além disso, o aumento do arrasto da atmosfera pode alterar parâmetros orbitais, fazendo com que satélites tenham que sofrer correções de posição. A ocorrência de auroras boreais em latitudes baixas, ao redor de 55º, não está descartada.

O incremento na velocidade dos ventos solares está associado a um buraco coronal apontado diretamente para a Terra (geoefetivo), por onde as partículas carregadas escapam devido à anomalia no campo magnético nesta região.

Página de Monitoramento Solar

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax