Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Segunda-feira, 26 mai 2008 - 13h50
Por

China: novo tremor faz vítimas. Lagos podem transbordar

A China registrou neste domingo, um forte tremor de terra secundário de 5,8 graus na escala Richter, com epicentro localizado a 40 quilômetros de Guangyuan, de acordo com informações do instituto de pesquisa geológica dos Estados Unidos. Neste novo tremor, seis pessoas morreram e pelo menos mil ficaram feridas.

O terremoto de 8 graus que abalou a China no último dia 12 de maio, já deixou até o momento 65 mil vítimas fatais, segundo balanço divulgado pelo governo chinês nesta segunda-feira (26). Os dados oficiais do governo indicam que outras 23 mil pessoas continuam desaparecidas e 360 mil estão feridas.

Até o meio-dia desta segunda-feira, 182 tremores secundários acima de 4 graus na escala Richter foram monitorados na província de Sichuan, de acordo com o Departamento de Sismologia da China (DSC).

Outra grande preocupação das autoridades chinesas é o número de lagos formados por deslizamentos de terra em decorrência do terremoto do dia 12, que bloquearam os rios da região.

No total 34 lagos foram formados. O lago Tangjiashan, próximo da cidade de Beichuan, dobrou de tamanho em apenas quatro dias e preocupa o governo. O nível de água está apenas 29 metros abaixo da barreira construída para conter a água. Se a barreira romper, a inundação será enorme.

O governo enviou uma equipe com 10 quilos de explosivos para o lago na tentativa de abrir um canal para escoar água do lago. Milhares de pessoas que estavam abrigadas em localidades próximas ao lago já foram evacuadas.

A meteorologia local prevê fortes chuvas para a região nos próximos dias, o que pode complicar ainda mais os esforços das equipes de resgate.

Imagens de satélite mostram o lago Tangjiashan em três momentos diferentes. O lago dobrou de tamanho em apenas quatro dias e está somente 29 metros abaixo do nível da barreira de contenção. De acordo com o governo chinês, o lago contém atualmente 130 milhões de metros cúbicos de água e seu rompimento pode provocar uma inundação devastadora.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"A guerra nada mais é que a continuação da política por outros meios" - Karl von Clausewitz