Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Segunda-feira, 15 abr 2019 - 11h55
Por Rogério Leite

Cientistas preveem um longo e profundo mínimo solar

Um novo relatório divulgado por um grupo internacional de cientistas confirmou que o atual mínimo solar será um dos mais longos da história. Se o estudo estiver correto, o Sol só deverá ganhar força entre 2023 e 2026, mas o futuro ciclo solar 25 será tão fraco quanto o atual ciclo 24.

Explosao Solar
Durante o Ciclo Solar 25dveremos ter menos explosões solares, mas em por isso menos intensas.

"Acreditamos que o Ciclo Solar 25 será muito parecido com o atual 24, com um máximo solar fraco precedido por um mínimo muito longo e profundo", disse a pesquisadora Lisa Uptown, heliofísica ligada ao Space Systems Research Corp.

O estudo, apresentado no Painel Anual de Previsão Espacial, da NOAA, também mostra que o atual ciclo solar 24 ainda não atingiu o nível mínimo, situação prevista para ocorrer entre julho de 2019 e setembro de 2020.


Ciclo de Schwabe
Como se sabe,os ciclos solares duram em média 11 anos e durante este período apresenta momentos de alta e baixa atividade. Nem todos os ciclos são iguais, sendo que alguns são intensos e apresentam muitas manchas e explosões solares, enquanto Outros, como o atual ciclo Solar 24, são praticamente calmos e quase sem manchas.

Previsao do Ciclo Solar 25
Previsão do Ciclo Solar 25


Esse período é chamado ciclo de Schwabe e desde que as observações começaram a ser feitas já foram contados 24 ciclos até o ano de 2019.


Durante o período de maior atividade, chamado "máximo solar", grandes manchas e intensas explosões ocorrem quase diariamente. As auroras surgem nas latitudes médias e violentas tempestades de radiação danificam os satélites em órbita. A última vez que isso ocorreu com tal intensidade foi entre os anos de 2000 e 2001.


No "Mínimo Solar" ocorre o contrário. Quase não existem flares solares e podem passar semanas sem que uma única mancha quebre a monotonia do disco solar. É exatamente esse o momento atual que estamos passando.


Técnicas de Previsão Solar
Por ser uma ciência nova, os cientistas espaciais ainda estão aprendendo a prever os altos e baixos da atividade do Sol. As ferramentas usadas vão desde modelos matemáticos que analisam o dínamo magnético do Sol até os métodos estatísticos semelhantes aos usados pelos analistas do mercado financeiro, entre eles o método de Montecarlo.

De acordo com Upton, foram analisados 61 critérios, entre climatologia, dínamo, Aprendizado de Máquina e Redes Neurais, métodos precursores, métodos espectrais e estatísticos, transporte de fluxo superficial e Outros. “Baseado nestes 61 critérios, a maioria dos pesquisadores envolvidos concordou que o Ciclo Solar 25 será muito similar ao Ciclo Solar 24”, disse a cientista.

Nova Mini Era Glacial?
Nos últimos anos, muita gente tem divulgado que um mínimo solar muito profundo, semelhante ao mínimo de Maundner, estaria a caminho, trazendo junto uma míni era glacial. No entanto, a pesquisadora afastou essa ideia.

“Não há qualquer indicação de que estamos nos aproximando de um mínimo do tipo Maunder, de 70 anos. O mínimo solar será realmente profundo, mas não tão profundo.


O que é o Mínimo de Maunder?
O mínimo solar mais longo da história, o Mínimo de Maunder, ocorreu entre 1645 e 1715 e durou incríveis 70 anos. Manchas solares eram extremamente raras e o ciclo solar de 11 anos parecia ter se rompido. Esse período de silêncio coincidiu com a "pequena Era do Gelo" uma série de invernos implacáveis que atingiu o hemisfério Norte.

Por razões ainda não compreendidas, o ciclo se normalizou no século 18, voltando ao período de 11 anos. Como os cientistas ainda não compreendem o que disparou o Mínimo de Maunder e como pode ter influenciado o clima na Terra, a busca por sinais de que possa ocorrer de novo é um trabalho constante nas pesquisas.


O Que Esperar do Ciclo 25
O painel prevê um ciclo solar 25 razoavelmente fraco, em que pode haver menos tempestades solares, mas não necessariamente fracas.

O atual Ciclo Solar 24, embora fraco, produziu uma série de intensas explosões solares de classe X, além de fortes tempestades geomagnéticas. Até mesmo evento GLE foi observado. Neste tipo de evento, as partículas são ejetadas do Sol em altíssima velocidade e podem até mesmo chegar ao nível do Solo.







Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Quando se procura muito o jeito de se fazer temer, sempre se encontra primeiro o de se fazer odiar" - Motesquieu