Domingo, 10 jul 2005 - 11h28

Com ventos de 238 km/h, violento furacão Dennis deve atingir EUA ainda hoje

Durante as últimas horas, o NHC - Centro Nacional de Furacões, dos EUA, detectou um significativo aumento na intensidade dos ventos provocados pelo furacão Dennis.

Segundo o órgão de pesquisa, Dennis é agora um furacão extremamente perigoso, de categoria 4 na escala Saffir-Simpson, com ventos sustentados em 238 km/h. Poderosas rajadas de 290 km/h também foram verificadas.

Ainda segundo o NHC, Dennis deve atingir a costa dos EUA entre a Flórida e o Alabama na tarde deste domingo.

De acordo com a FEMA - defesa civil norte-americana - Dennis deve causar um impacto muito forte nas áreas que estão sobre aviso de furacão, e que vão desde o oeste do rio Ochlockonne, na Flórida, até foz do rio Pearl, na divisa entre o Mississippi e o Alabama. Nestas áreas vivem pelo menos 10 milhões de americanos.

Em seu boletim das 14h00 UTC (11h00 BRT), o NHC informava que o olho da tempestade situava-se próximo às coordenadas 29.1 N e 86.5 W, aproximadamente a 160 km a sul-sudeste de Pensacola, Flórida e a 256 km a sudeste de Pascagoula, no Mississippi. Sua velocidade de deslocamento era de 16 km/h em sentido norte e a pressão barométrica, medida por aviões caça-furacões era de apenas 930 hPa (milibares).

Estima-se em até 250 milímetros o total de chuva que deve precipitar sobre a região assim que Dennis tocar o continente neste domingo.

Dennis, que já causou a morte de pelo menos 32 pessoas no Caribe, é mais forte que Ivan, que atingiu a região norte do Golfo do México em setembro do ano passado.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy