Quinta-feira, 10 jan 2013 - 11h44

Cometa Panstarrs aumenta de brilho e é visível antes do amanhecer

Como previsto, o cometa C/2011 L4 Panstarrs vem aumentando de brilho gradualmente e já atingiu a magnitude necessária para ser observado através de um pequeno binóculo. Seu brilho deverá se intensificar ainda mais e em breve será visto a olho nu.

Cometa C/2011 L4 Panstarrs
Clique para ampliar

Apesar do tempo não estar ajudando muito em diversas partes do Brasil, em algumas regiões o céu limpo da pré-manhã deverá colaborar bastante na observação do cometa C/2011 L4 Panstarrs.

Cálculos de magnitude indicam que o objeto atingiu a magnitude 8, suficiente para ser visto com auxílio de um simples binóculo ou lunetas amadoras. Os astrofotógrafos também já devem se preparar, já que as imagens de longa exposição e ISO elevado poderão revelar detalhes da coma ou cauda, ainda que difusas.

Atualmente, C/2011 L4 Panstarrs se encontra a 2.77 UA da Terra e à medida que se aproxima do Sol terá seu brilho ainda mais intensificado.

Carta celeste cometa Panstarrs
Clique para ampliar

UA significa Unidade Astronômica e equivale a distância entre a Terra e o Sol, de 149 milhões de quilômetros. Assim, Panstarrs está neste momento a 149 x 2.77 = 412 milhões de km. Em 5 de março o objeto atingirá o perigeu e passará a apenas 150 milhões de quilômetros do nosso planeta.


Modelos de magnitude astronômica indicam que em 10 de março Panstarrs atingirá 4 magnitudes negativas, um brilho comparado ao do planeta Vênus. Até lá, o crescente brilho do cometa será constante, o que torna a observação do objeto um passatempo bastante interessante e educativo.

Onde está Panstarrs
Para facilitar a vida dos astrônomos amadores, preparamos uma carta celeste indicando onde o cometa estará localizado no dia 11 de janeiro de 2013, sexta-feira, às 05h30 BRST. Por ela é possível verificar que C/2011 L4 Panstarrs está exatamente na cauda do constelação do Escorpião.

Carta celeste posicao do cometa Panstarrs_
Clique para ampliar

Para achar a constelação é preciso que o observador localize o ponto cardeal leste, próximo de onde o Sol nasce. A constelação estará um pouco mais à direita e será facilmente identificada com auxílio da carta celeste mostrada e também pela presença da gigantesca estrela vermelha Antares, no coração do escorpião.

Com auxílio de um binóculo, C/2011 L4 Panstarrs se parecerá com uma pequena bolinha difusa, mas que deverá se tornar mais intensa à medida que o tempo passa.

Bons Céus!


Arte: No topo, cometa C/2011 L4 Panstarrs fotografado no dia 9 de janeiro de 2013 pelo astrônomo amador John Drummond, na Nova Zelândia. Acima, cartas celestes ajudam a localizar o cometa nas pré-manhãs no hemisfério Sul. Crédito: John Drummond/Possum Observatory Complex, Apolo11.com.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax