Quarta-feira, 5 jun 2019 - 09h34
Por Maria Clara Machado

Como satélites vão enxergar a qualidade da água do espaço?

Um grupo de pesquisadores apoiados pela NASA tem a missão de descobrir como satélites poderão no futuro enxergar a qualidade da água do espaço. O local de estudo escolhido foi Belize, um pequeno país da América Central, que se orgulha em tentar manter um equilíbrio sustentável. A paisagem vista do espaço é de florestas tropicais e de uma rede de rios que se estende pelo mar do Caribe e o oceano.

A imagem mostra os locais onde foram recolhidas 50 amostras para análise da qualidade da água, entre 14 e 15 de maio, sobreposta a uma imagem do Landsat-8 a partir de 20 de maio de 2019.
A imagem mostra os locais onde foram recolhidas 50 amostras para análise da qualidade da água, entre 14 e 15 de maio, sobreposta a uma imagem do Landsat-8 a partir de 20 de maio de 2019.

Os cientistas vão estudar dados de satélites e procurar saber como estes podem ajudar com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, um conjunto de 17 metas acordadas na Assembléia Geral das Nações Unidas em 2015.

O projeto já começou
Analisando dados de observação de satélites da NASA serão monitoradas duas metas: “vida embaixo d’água” e a “vida na terra”. Este é o primeiro projeto da Nasa focado especificamente em Belize, dando continuidade a um trabalho anterior realizado na América Central do programa SERVIR.

De acordo com os cientistas, há um grande interesse em utilizar imagens de satélite para monitorar áreas costeiras em Belize, que concentra a segunda maior barreira de corais no mundo. O objetivo é investigar o impacto que as atividades terrestres estão tendo neste ecosistema.

Os recifes de corais são como grandes florestas no mar e essenciais para a pesca. Um estudo em 2008 levantou que os recifes de Belize são responsáveis por 15% dos ganhos com turismo na região. Em alguns momentos plumas de sedimentos são levados pelos sistemas fluviais do país até os recifes de corais e são observados pelas imagens de satélite. Outras atividades também foram apontadas por gerarem uma grande floração de algas verdes na costa de Belize em 2011.

Utilizando diferentes partes do espectro da luz, os satélites têm a capacidade de inspecionar quilômetros de extensão de terra e de mares, fornecendo então informações sobre a qualidade da água. Os satélites se concentram especificamente na concentração da cor da água do rio e do mar e no rastreio de mudanças dentro daquela água.

À esquerda, imagem do Landsat-8 de outubro de 2018 mostra uma pluma de sedimentos entre a foz do rio Belize até o mar. À direita, outra imagem capturada pelo mesmo satélite, mostra águas claras a partir de maio de 2019.<BR>
À esquerda, imagem do Landsat-8 de outubro de 2018 mostra uma pluma de sedimentos entre a foz do rio Belize até o mar. À direita, outra imagem capturada pelo mesmo satélite, mostra águas claras a partir de maio de 2019.


À esquerda, imagem do Landsat-7 de março de 2013 da costa de Belize com recifes de corais em azul claro. À direita, outra imagem com florescimento de algas em junho de 2011.<BR>
À esquerda, imagem do Landsat-7 de março de 2013 da costa de Belize com recifes de corais em azul claro. À direita, outra imagem com florescimento de algas em junho de 2011.

Ainda no projeto, os pesquisadores coletaram amostras de água em um longo caminho desde a costa da cidade de Belize até a barreira de corais, com o intuito do comparar o que os satélites “enxergam” com o que é medido em campo. Assim, os estudiosos pretendem ajudar a melhorar a forma como os satélites estimam a qualidade da água.

Foram coletadas 50 amostras de qualidade da água no rio e no mar para determinar as concentrações de sedimentos em cada local. Instrumentos mediram ainda a profundidade da água, a salinidade, o oxigênio, o PH e a temperatura.

Monitorando a qualidade da água
Calibrar as estimativas de qualidade da água baseadas em satélites, Landsat e Sentinel-2, vai depender das medições das amostras coletadas.

A amostragem deste ano foi programada para coincidir com o final da estação seca. Amostras adicionais de qualidade da água estão planejadas para serem coletadas durante a estação úmida no final de 2019.

As conclusões deverão resultar em um painel virtual interativo, mostrando as alterações da qualidade da água ao longo do tempo. Belize poderá detectar rapidamente quando estas alterações afetam os recifes de corais.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy