Terça-feira, 15 jul 2008 - 13h35

Corrida espacial: China poderá enviar missão à Lua antes dos EUA

A próxima missão tripulada à Lua, desde a Apollo 17, em 1972, poderá ser chinesa, admitiu o diretor da Nasa, Michael Griffin.

A agência espacial americana pretende enviar astronautas à Lua até 2020, em sua nova nave espacial Orion. Mas até lá, a China aparece como um dos países mais promissores na corrida até a Lua.

Em 2003, a China se tornou o único país a colocar um homem em órbita, além dos Estados Unidos e da Rússia.

"Certamente é possível que a China queira colocar gente na Lua, e se desejar fazer isso antes dos Estados Unidos, com certeza ela pode. Em termos de capacidade técnica, ela pode, absolutamente”, declarou Griffin em entrevista à BBC News.

Um relatório recente da empresa de consultoria americana, Futron, aponta que outros países estão expandindo sua capacitação espacial num ritmo surpreendente, ameaçando a liderança espacial dos Estados Unidos.

A China enviou duas missões tripuladas ao espaço nos últimos cinco anos. A primeira em 2003, manteve o astronauta Yang Liwei 21 horas em órbita da Terra a bordo da nave Shenzhou 5. Na segunda, dois chineses a bordo da Shenzhou 6 passaram cinco dias em órbita. Uma nova missão tripulada está prevista para o mês de outubro.

O programa espacial da Índia, embora menor que o da China, também dá seus passos. O país vai lançar sua sonda não tripulada Chandrayaan para a Lua ainda neste ano.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.














Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019

"Existem velas que iluminam tudo, menos o próprio candelabro" - Hebbel